BANDA DO MÊS: STRAY CATS

on


Stray Cats é um grupo novaiorquino de rockabilly formado em 1979. Seus integrantes eram: Brian Setzer (vocal), Lee Rocker (baixo) e Slim Jim Phantom (bateria).

Em 1980, o grupo foi para a Inglaterra, onde conseguiu um contrato com a gravadora Arista. Em 1981, finalmente foi lançado o primeiro álbum, com o nome da banda. O álbum lançou sucessos como “Stray Cat Strut”, “Rock This Town” e “Runaway Boys”.

Ainda em 81, o grupo lança esse álbum nos EUA e acabam sendo considerados os “filhos ingleses de Elvis”, embora o grupo seja americano mesmo. O álbum fez sucesso na terra do Tio Sam e é responsável por uma espécie de reedição da década de 50 nos EUA.Em novembro do mesmo ano, eles lançam o segundo álbum, o “Gonna Ball”, que acaba virando um fracasso de vendas e de críticas.


Em 1982, o grupo muda de gravadora, eles saem da Arista e vão para a EMI, na nova gravadora, foi lançado o “Built For Speed”, que é uma coletânea dos dois discos anteriores da banda. O disco foi muito bem recebido, “Rock This Town” e “Stray Cat Strut”, tocam bastante na MTV e colocam o grupo entre os 10 mais.


Em 1983 é lançado o terceiro álbum, o “Rain´n´Rave With Stray Cats”, que emplacou sucessos como a eletrizante “(She´s) Sexy + 17” e a balada “I Won´t Stand In Your Way”.


Mas em 1984, a situação da banda começa a mudar, com o grupo fazendo sucesso, o ego dos integrantes começou aumentar e as consequências disso foram desentendimentos entre os integrantes por motivos bobos e até agressões físicas.Ainda nesse ano, o baterista Phantom casa-se com Britt Ekland, ex-mulher de Rod Stewart. E no mesmo ano, foi anunciado o fim do Stray Cats.


Durante a separação, os Stray Cats ficaram fazendo trabalhos paralelos, o vocalista Brian Setzer chegou até a trabalhar no filme “La Bamba”, de 1987.


Em 1989, eles decidem que é hora de voltar, a princípio apenas para se divertirem, mas acabaram gostando da “brincadeira”, que lançaram o álbum “Blass Off”. O novo trabalho do grupo tinha uma “pegada” mais pesada que os anteriores, em destaque ficou a faixa “Gene And Eddie”.Mas o disco foi fraco em vendas, o que levou o grupo a ser demitido da EMI.Em 1992 eles lançam um novo disco, o “Choo Choo Hot Fish”, e ainda no mesmo ano, foi lançado um álbum de covers chamado de “Original Cool”.


Em 2003, os rapazes do Stray Cats se reuniram de novo, e segundo eles, em definitivo. Eles lançaram o cd “Lonesome Tears” e continuam tocando o bom e velho rock and roll dos primeiros tempos pelo mundo afora.

3 comentários:

Gremista Fanático disse...

Pela musica que toca no blog é um Rock bem dançante, maneira a postagem, mais uma grande dica, não conhecia essa banda ai, valeu.
Saudações do Gremista Fanático

Danilo Damasceno disse...

Não conhecia essa banda também, mas o som é bom.Leo será que Queen não pode entra na disputa, risos.Abração

Wilson Hebert disse...

Tambem não conheço a banda e estou num pc que não toca música, entao, continuo sem conhecer... hahahahaha

Mas o texto está bem interessante!!!

Abs Leo!