SESSÃO MEMÓRIA:30 ANOS DO TRI BRASILEIRO INVICTO DO INTERNACIONAL

on Comments: (4)

Dia 23 de Dezembro de 1979, antevéspera de Natal. O Internacional de Porto Alegre conquistava o Brasil pela terceira vez e o mais impressionante:invicto. A equipe do Sul do Brasil acabaria se tornando uma dfas melhores do país na segunda metade dos anos 70 com craques muito habilidosos.

O Campeonato Brasileiro daquele ano foi uma verdadeira loucura. A CBD (antigo nome da CBF) decidiu criar um torneio com 94 clubes (!!) algo inpensável para os padrões de hoje. O objetivo era integrar o máximo de equipes do Brasil todo em um campeonato só. Ideia do governo militar era mostrar que o país estava bem integrado. Como dizia o ditado da época:"Quando a ARENA vai mal, mais um no Nacional. Quando a ARENA vai bem, mais um também".

Apesar de ter sido um campeonato muito grande por conta do número de equipes participantes, o Brasileiro de 1979 foi relativamente curto, durando três meses, mais ou menos, com os clubes menores começando a disputa nas primeiras e segundas fases, todas elas divididas em grupos de dez, onde os cinco primeiros passavam de fase.

O Internacional, como outros grandes clubes, entrou na terceira fase do torneio. O grupo do Inter tinha o América-RJ, Operário-MS (terceiro lugar em 1978), o arqui-rival Grêmio, Santa Cruz, Atlético Paranaense, Figueirense, Coritiba, Rio Branco e Sport Recife. O Colorado terminou classificado em primeiro lugar na sua chave, com 9 jogos disputados, 6 vitórias e três empates. Os oito primeiros colocados do grupo passaram para a fase seguinte.

Na quarta fase, o Inter caiu num grupo que tinha Atlético Paranaense, Desportiva Ferroviária, Inter de Limeira, Caldense, São Paulo-RS, Anapolina e Goytacaz. Oito times em cada grupo e o Internacional classificou-se em primeiro lugar novamente. Sete jogos disputados, quatro vitórias e três empates.

No início de dezembro chegou a quinta fase, desta vez o Inter caiu num grupo com mais três adversários:Goiás, Cruzeiro e Atlético Mineiro. Lógico que era um grupo muito mais forte que os anteriores, mas mesmo assim os gaúchos não se intimidaram e se classificaram em primeiro lugar da chave, tendo o direito de disputar as semi-finais. Três jogos disputados, três vitórias. O favoritismo era todo para os gaúchos.

Nas semi-finais, os colorados pegaram o forte time do Palmeiras, que estava há três anos sem conquistar um título, mas ainda tinha bons jogadores em seu elenco. O primeiro jogo, disputado em São Paulo deu vitória apertada dos gaúchos por 3X2. No jogo de volta no estádio Beira-Rio, o Inter apenas empatou em 1X1 para se garantir na final.

A final foi disputada contra o Vasco. O time carioca havia despachado o Coritiba nas semi-finais e o Internacional era o grande favorito ao título. No primeiro jogo da final, no Maracanã, o time colorado confirmou seu favoritismo e derrotou os vascaínos por 2X0, com dois gols de Chico Spina. No jogo de volta, dia 23/12, no Beira-Rio, o Inter apenas precisou administrar sua vantagem, mas mesmo assim marcou dois gols nos cariocas. Jair e Falcão. O Vasco diminuiu o placar com gol de Wilsinho, mas não dava mais tempo pra nada. O Inter conquistava o Brasil pela terceira vez e de maneira invicta.

HINO DO INTERNACIONAL
Glória do desporto nacional
Oh, Internacional
Que eu vivo a exaltar
Levas a plagas distantes
Feitos relevantes
Vives a brilhar

Correm os anos surge o amanhã
Radioso de luz, varonil

Segue a tua senda de vitórias
Colorado das glórias
Orgulho do Brasil

É teu passado alvi-rubro
Motivo de festas em nossos corações
O teu presente diz tudo
Trazendo à torcida alegres emoções
Colorado de ases celeiro
Teus astros cintilam num céu sempre azul
Vibra o Brasil inteiro
Com o clube do povo do Rio Grande do Sul

Internacional Tri-Campeão Brasileiro de 1979
Em pé:João Carlos, Benítez, Mauro Pastor, Falcão, Mauro Galvão e Cláudio Mineiro
Agachados:Valdomiro, Jair, Bira, Batista e Mário Sérgio
Técnico:Ênio Andrade

BARÇA É CAMPEÃO DO MUNDO

on Comments: (3)

O Barcelona fechou um ano simplesmente perfeito para a torcida catalã. Os espanhoís conquistaram o sexto título de seis campeonatos disputados nesta temporada, vencendo o Estudiantes da Argentina e conquistando o título do Mundial de Clubes de 2009.

O time espanhol teve alguns problemas no início do jogo quando Boselli, herói do título da Libertadores pelo Estudiantes abriu o placar para os argentinos. No segundo tempo, o Barcelona empatou com Pedro, jovem talento do Barça aos 43 do segundo tempo.

Pra selar a conquista, Messi marcou um golaço de peito no segundo tempo da prorrogação. Final de jogo, Barcelona campeão mundial 2X1 Estudiantes. Fechou bem o ano para o melhor time da temporada.

SESSÃO MEMÓRIA: HÁ 15 ANOS O PALMEIRAS LEVANTAVA O TETRA BRASILEIRO

on Comments: (1)


Dia 18 de dezembro de 1994, era a vez do Palmeiras gritar que era tetra-campeão, grito que havia sido dado pela seleção brasileira cinco meses antes nos Estados Unidos e que a base do grupo de jogadores era este grande time palmeirense comandado por Vanderlei Luxemburgo.

O Palmeiras tinha como parceira a empresa de laticínios Parmalat desde 1993, com a ajuda dela que o time alviverde havia montado um time bastante forte e que conquistouo tri-campeonato nacional em 1993. E a base foi mantida pra 1994.

O Verdão começou o campeonato no Grupo D. Foram seis clubes dividos em quatro grupos na primeira fase. No total 24 clubes disputaram a Série A de 94. Os adversários do Palmeiras foram:Fluminense, Paraná, Internacional, União São João e Náutico. O time do Parque Antártica já fo mostrando sua superioridade. Das 10 partidas disputadas, venceu nove e empatou apenas uma, se classificando para asegunda fase em primeiro lugar do grupo. Além dele, se classificaram Fluminense, Paraná e Internacional. União São João e Náutico foram eliminados e consequentemente rebaixados para a Série B.

Na segunda fase, os palmeirenses pegaram um grupo mais complicado com mais sete adversários:Sport Recife, São Paulo, Bahia, Santos, Botafogo, Flamengo e Paraná. O Palmeiras terminou a fase em primeiro lugar com sete jogos, quatro vitórias, dois empates e somente uma derrota, se garantindo na fase seguinte. Na outra fase, o Palmeiras manteve a mesma chave, mas enfrentou os advesários de outro grupo, terminou em sétimo lugar com oito jogos, duas vitórias, dois empates de quatro derrotas. O time alviverde passou de fase, graças ao bom desempenho na fase anterior.

Nas semifinais o Palmeiras enfrentou o jovem e habilidoso time do Guarani e no jogo de ida em São Paulo, os palmeirenses derrotaram os campineiros por 3X1. No jogo da volta, em Campinas, outra vitória palmeirense por 2X1 e Verdão garantido na final do Brasileiro.

A final foi contra o arqui rival Corinthians. Rivalidade a flor da pele. E no jogo de ida no Pacaembu, deu Palmeiras 3X1. Com um show de Edmundo e Rivaldo, que marcou os três gols em cima do Timão. O segundo jogo da final foi realizado dia 18, no Pacaembu e o Palmeiras precisava perder por dois gols de diferença pra levar o tetra. A partida foi muito tumultiada com expulsões, como todo grande clássico. O Corinthians abriu o placar com Marques, mas no segundo tempo, Rivaldo acabou com as esperanças corintianas e deu o quarto título brasileiro para o Palmeiras. Placar final: Corinthians 1X1 Palmeiras. Palmeiras Tetra-Campeão Brasileiro de 1994.

HINO DO PALMEIRAS

Quando surge o alviverde imponente
No gramado em que a luta o aguarda,
Sabe bem o que vem pela frente.
Que a dureza do prélio não tarda!

E o Palmeiras no ardor da partida,
Transformando a lealdade em padrão.
Sabe sempre levar de vencida
E mostrar que, de fato, é campeão!

Defesa que ninguém passa.
Linha atacante de raça.
Torcida que canta e vibra!!!

Defesa que ninguém passa.
Linha atacante de raça.
Torcida que canta e vibra
Por nosso alviverde inteiro,
Que sabe ser brasileiro,
Ostentando a sua fibra!

Palmeiras Tetra-Campeão Brasileiro 1994
Em pé: Cléber, Velloso, César Sampaio, Claudio, Wagner e Antônio Carlos
Agachados:Edmundo, Flávio Conceição, Evair, Rivaldo e Zinho
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BARÇA VAI À FINAL GRAÇAS A MESSI

on Comments: (1)


Apesar do susto sofrido no início do jogo, o Barcelona mostrou que realmente tem um time pra disputar o título mundial e virou pra cima do Atlante, do México por 3x1.

O Atlante abriu o placar com Rojas após falha do goleiro Valdéz, aos 4 minutos, após saída mal feita do gol, o goleiro do Barcelona levou um lençol e sofreu o gol do Atlante. O gol de empate do Barça saiu aos 34 após bate-rebate na área. Busquets mandou pra dentro e empatou a partida.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Joseph Guardiola atende o pedido da torcida e coloca Messi para jogar. Aos 9 minutos, no primeiro toque de Messi na bola, ele driblou o goleiro e marcou o gol da virada dos espanhóis. A partir deste gol, o campeão da Champions League passou a gostar do jogo e deixava os mexicanos mais acuados em seu campo.

Aos 22, após linda troca de passes iniciada por Messi, Pedro, o melhor do jogo marcou o terceiro gol, confirmando a classificação do Barcelona para a final. Barcelona 3X1 Atlante. O Barcelona jogará a final contra o Estudiantes de La Plata, campeão da Taça Libertadores, no sábado.

SESSÃO MEMÓRIA:20 ANOS DO BI-CAMPEONATO BRASILEIRO DO VASCO

on Comments: (3)


Dia 16 de dezembro de 1989. Há 20 anos o Vasco levantava o seu segundo título brasileiro. A geração campeã de 89 já era muito diferente do grupo que fora bi-campeão carioca em 1987 e 1988, pois vários jogadores daquele time foram negociados com outros clubes. Geovanni saiu para a Itália, Romário foi para o PSV, Roberto Dinamite foi para a Portuguesa. Restaram poucos remanescentes desta conquista e alguns jovens jogadores que eram reservas na época.

O campeonato brasileiro de 89 já era mais organizado, contava com 22 clubes na primeira divisão, diferente dos exagerados 40 clubes nas edições anteriores até 1987, na época da Copa União. As disputas ainda eram divididas em grupos, eram dois grupos de 11, onde os oito primeiros colocados se clasificavam para a segunda fase.

O Vasco caiu num grupo com Palmeiras, Portuguesa, Grêmio, Goiás, Fluminense, Cruzeiro, Santos, Sport Recife, Bahia e Coritiba. O time da cruz de malta terminou a primeira fase em segundo lugar, dividindo em número de pontos com o Palmeiras, mas perdeu a liderança por gols sofridos, 7 pelos vascaínos contra cinco dos palmeirenses. A campanha vascaína nesta segunda fase foi de 10 partidas, cinco vitórias, quatro empates e uma derrota.

Na segunda fase, o Vasco caiu no Grupo B, com Cruzeiro, Palmeiras, Portuguesa, Goiás, Grêmio, Santos e Fluminense. Mas em vez dos clubes se enfrentarem dentro de suas próprias chaves, eles jogavam contra os clubes de outro grupo. Os primeiros colocados das duas chaves se clasificavam para a decisão. O Vasco terminou em primeiro lugar no seu grupo com 18 jogos disputados, oito vitórias, oito empates e duas derrotas, somando 24 pontos. O São Paulo se classificou em primeiro no seu grupo com 18 jogos, sete vitórias, nove empates e duas derrotas, tendo 23 pontos no total.

A decisão foi marcada para o dia 16 e como o Vasco teve melhor campanha que o São Paulo, coube ao clube carioca decidir onde gostaria de jogar. Em votação entre jogadores, os vascaínos decidiram jogar no Morumbi. Caso o Vasco vecesse essa partida, seria campeão. Em caso de empate ou vitória do São Paulo, seria jogada uma partida extra no Rio de Janeiro.

Chegou o dia da decisão e a torcida vascaína compareceu em peso no Morumbi, uma verdadeira invasão vascaína em São Paulo. Foi uma partida bastante amarrada no primeiro tempo. Mas no começo do segundo tempo, após falta mal batida pelo São Paulo. O Vasco se aproveitou disso e puxou um contra-ataque. O lateral Luis Carlos Winck recebeu de Boiadeiro pelo meio, foi pela direita e cruzou para a cabeçada de Sorato, que aos cinco minutos do segundo tempo marcava o gol do bi-campeonato do Vasco.

Acabou a partida e foi só a torcida vascaína celebrar o título e ter um novo herói em sua galeria: Sorato, jogador de 20 anos de idade, que tinha acabado de subir para os profissionais.

HINO DO VASCO
Vamos todos cantar de coração
A cruz de malta é o meu pendão
Tu tens o nome do heroico português
Vasco da Gama tua fama assim se fez
Tua imensa torcida bem feliz
Norte-Sul, Norte-Sul deste país
Tua estrela na terra a brilhar
Ilumina o mar

No atletismo és um braço
No remo és imortal
No futebol és um traço
De união Brasil-Portugal
Vasco Bi-Campeão Brasileiro de 1989
Em pé:Mazinho, Luis Carlos Winck, Zé do Carmo, Quiñonez, Marco Aurélio e Acácio
Agachados:William, Sorato, Boiadeiro, Bebeto e Bismarck
Técnico:Nelsinho Rosa


BENÍTEZ 2X1 POHANG STEELERS

on Comments: (3)

Aconteceu o óbvio no jogo entre Estudiantes de La Plata e Pohang Steelers pelo Mundial de Clubes. O time argentino superou a violência e a quase total falta de habilidade dos asiáticos e venceu a partida por 2X1 e irá disputar a final com o vencedor de Barcelona X Atlante, do México.

O jogo começuo lento, com as duas equipes se estudando, mas aos poucos, o Estudiantes penetrava no campo de ataque do Pohang e tentava marcar o seu primeiro gol. Os coreanos tentavam também chegar ao gol, mas pecavam na finalização.

Nos acréscimos do primeiro tempo o árbitro marcou falta para o time argentino. Leandro Benitez cobrou e a bola não desviou e nenhum jogador do Steelers. Estudiantes 1X0. No segundo tempo o time sul-americano passou a sofrer com a violência dos asiáticos. Parecia que eles haviam trocado o futebol pelo tae-kew-do.

Aos sete do segundo tempo, o goleiro coreano saiu mal, levou um chapéu e sofreu mais um gol de Benítez. Agora com o placar mais desfavorável ainda para o Poghang, era hora de apelar para a violência. Foram três expulsões pelo lado do Pohang Steelers, entre elas a do goleiro.

O atacante Denílson, que havia marcado o gol de honra do Pohang aos 25, assumiu a posição de goleiro, mas foi muito pouco incomodado. Enquanto isso os argentinos sofriam com as faltas violentíssimas.

Foram dados mais 6 minutos de acréscimo, mas em termo de futebol, já não acrescentava nada. A classificação do Estudiantes era apenas questão de tempo, pois os adversários só estavam com 8 jogadores. Final de jogo:Estudiantes 2X1 Pohang Steelers.

POHANG PASSA PARA AS SEMIFINAIS...

on Comments: (2)

A segunda partida do Mundial teve um nível técnico um pouco melhor que a partida de estreia. Mazembe, da República Democrática do Congo, campeão africano enfrentou o Pohang Steelers da Coreia do Sul, campeão asiático. O time africano perdeu por 2X1.

O time congolês jogou muito bem no primeiro tempo e o grande destaque da primeira etapa foi o goleiro Kidiaba, que fez defesas dificílimas, entre elas uma cabeçada do brasileiro Denilson. Aos 27 da primeira etapa, Bedi abriu o placar para os africanos.

No segundo tempo, os coreanos, foram melhores. Aos 5 minutos Denilson deu uma forte cebeçada, que não deu chances para o goleiro do Mazembe pegar. Jogo empatado em 1X1. Aos 27, Denilson recebeu livre na grande área e chutou a bola entre as pernas de Kidiaba. Virada coreana. Pohang Steelers 2X1.

O time asiático vei enfrentar nas semifinais o Estudiantes de La Plata.

MUNDIAL DE CLUBES ESTREIA COM PARTIDA DIGNA DE QUARTA DIVISÃO

on Comments: (4)


O Mundial de Clubes da FIFA de 2009 realizado nos Emirados Árabes estreou ontem com uma partida de deixar todos com sono diante da TV, mesmo sendo uma tarde de quarta-feira, horário de Brasília:Al-Ahly X Auckland City.

Foi uma partida realizada entre o campeão dos Emirados Árabes e o campeão da Oceania. Na equipe do Oriente Médio tinha o brasileiro Baré, que é tão "habilidoso" quanto seus compenheiros de time. O time neozelandês também era fraquíssimo tecnicamente, mas foi "menos ruim" que o Al-Ahly.

Com dois gols a zero o Auckland City derrotou o Al-Ahly e passou de fase do Mundial. O primeiro gol do time da Nova Zelândia foi marcado pro Dickinson aos 45 do primeiro tempo. O segundo foi marcado por Coombes, um chute de longe, no segundo tempo.

O Auckland jogará com o Atlante, do México, vencedor da CONCACAF. Na sexta-feira jogarão Mazembe, do Conga, campeão da África e Pohang Steelers, da Coreia do Sul, campeão asiático.

FLAMENGO É CAMPEÃO BRASILEIRO

on Comments: (6)

O Flamengo precisou das duas rodadas finais do Campeonato Brasileiro para assumir a liderança do torneio e derrotar o Grêmio por 2X1 no Maracanã para conquistar o seu quinto título brasileiro, para alguns, o sexto.

A maior torcida do Brasil finalmente soltou um grito que estava preso na garganta há 17 anos e mostrou toda a sua força fazendo o maior mosaico do mundo na partida contra o Goiás e ainda nesse jogo contra o Grêmio, lotando o estádio do Maracanã e acabando com os ingressos postos à venda duas semanas antes da partida.

Existem semelhanças entre este time de 2009 e o time de 1992. Pra começar o maestro de 92 era Jùnior, em final de carreira, que conduziu o time da Gávea ao título, mesmo tendo um time inferior aos seus concorrentes. Derrotando o favorito Botafogo no primeiro jogo da final por 3X0 e empatando no jogo de volta em 2X2. O maestro desse time atual é Petkovic, que com 38 anos chegou desacreditado no clube e deu conta do recado.

Outra semelhança com 92 é a entrada de um ténico "da casa". Carlinhos era o treinador no tetra de 1992 e havia sido anteriormente campeão da Copa União de 1987, Campeão da Copa do Brasil de 1990 e Campeão Carioca de 91. Em seus tempos de jogador ele havia sido um dos ídolos do clube nos anos 60. Em 2009, numa campanha que começou o ano com Cuca, que conquistou o Campeonato Carioca deste ano, ele não aguentou a pressão e foi demitido. Em seu lugar entrou Andrade, que havia treinado o Flamengo em outras ocasiões e havia sido um grande craque do clube nos anos 80. Como ele já conhecia bem o grupo, praticamente fez o time jogar sozinho. Méritos a ele também.

E tem Adriano, o Imperador, que no início do ano saiu da Internazionale, pois estava deprimido. Ele voltou ao seu clube de coração e recuperou a alegria de jogar futebol e voltou a dar alegria à sua torcida. Parabéns ao Flamengo pelo título nacional, por ter quebrado uma sequência de 3 títulos seguidos do São Paulo e por ter quabrado o jejum de 9 anos sem um carioca ganhar um Brasileiro. Conquista mais do que marecida, ganhou na raça e na bola.

HINO DO FLAMENGO

Uma vez Flamengo,
Sempre Flamengo.
Flamengo sempre, eu hei de ser.
É meu maior prazer vê-lo brilhar,
Seja na terra, seja no mar.
Vencer, vencer, vencer!
Uma vez flamengo,
Flamengo até, morrer!

Na regata, ele me mata,
Me maltrata, me arrebata.
Que emoção no coração!
Consagrado no gramado;
Sempre amado;
O mais cotado nos fla-flus é o 'ai, jesus!'
Eu teria um desgosto profundo,
Se faltasse o flamengo no mundo.
Ele vibra, ele é fibra,
Muita libra já pesou.
Flamengo até morrer eu sou!

BRASIL PEGARÁ COREIA DO NORTE, COSTA DO MARFIM E PORTUGAL

on Comments: (3)


Na tarde desta sexta-feira, horário de Brasília foram sorteadas as chaves de grupos para a Copa do Mundo de 2010 no Centro de Covenções de Johanseburgo, na África do Sul. O Brasil caiu no Grupo G e jogará contra Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal. Os anfitriões não tiveram a mesma sorte, caíram no Grupo A, o grupo do país sede e terão pela frente França, Uruguai e México. Os sul africanos correm risco de sair na primeira fase, sendo o primeiro país sede a ser eliminado na fase de grupos.

GRUPO A
África do Sul
México
Uruguai
França

Análise:Para os sul-africanos esse é o "grupo da morte", pois conta com duas seleções que já foram campeãs do mundo: França e Uruguai. O grupo marcará o reencontro entre franceses e sul-africanos, que se enfrentaram na fase de grupos da Copa de 98, na França. Os franceses venceram este confronto. Uruguai e França já haviam se enfrentado em 2002 e o jogo terminou empatado. França e México jogaram em 1978, com vitória francesa. O primeiro lugar do grupo deverá ficar com a França. A briga pela segunda vaga ficará entre Uruguai e México.

GRUPO B
Argentina
Nigéria
Coreia do Sul
Grécia

Análise:É praticamente o mesmo grupo que a Argentina jogou em 1994, com excessão da Bulgária. Os argentinos enfrentaram a Coreia do Sul na fase de grupos de 1986. É uma chave que não deve apresentar grandes dificuldades para os "hermanos". O segundo lugar do grupo pode ficar entre gregos e nigerianos.

GRUPO C
Inglaterra
Estados Unidos
Argélia
Eslováquia

Análise:Grupo muito fácil para a Inglaterra, que é considerada uma das favoritas ao título. Os ingleses voltarão a enfrentar os norte americanos depois de 60 anos em uma Copa do Mundo. Este grupo também tem um forte candidato a ter a pior partida do Mundial:Argélia X Eslovênia. A segunda vaga vai ficar com a seleção dos Estados Unidos, mas lembrando que a Argélia chegou a causar surpresa na Copa de 1982 e esta é a terceira participação dos argelinos. A Eslováquia fará a sua primeira participação em Mundiais.

GRUPO D
Alemanha
Austrália
Sérvia
Gana

Análise: É uma chave equilibrada, mas também é um grupo que pode dar esperança aos alemães em relação a título. Pois em 1974, quando a Alemanha foi bi-campeã, eles enfrentaram a Austrália na fase de grupos e em 1990 quando levaram o tri, pegaram a Iugoslávia, atual Sérvia. Primeiro lugar praticamente garantido para a seleção de Joachim Low, técnico da Alemanha. O segundo lugar ficará entre sérvios e ganeses.

GRUPO E
Holanda
Dinamarca
Japão
Camarões

Análise: Mais um grupo equilibrado, mas que não deve causar muitos problemas para os holandeses. A briga pelo segundo lugar da chave ficará entre a Dinamarca e Camarões, que tem apenas Samuel Eto'o como grande nome, mas em Copas do Mundo poderá sempre surpreender.

GRUPO F
Itália
Paraguai
Nova Zelândia
Eslovênia

Análise: É um dos grupos mais fáceis do Mundial. Os atuais campeões mundiais terão pela frente adversários fracos, com excessão da forte defesa paraguaia. Itália e Paraguai poderão passar de fase sem muitos problemas. Nova Zelândia e Eslovênia jogarão sua segunda Copa do Mundo.

GRUPO G
Brasil
Coreia do Norte
Costa do Marfim
Portugal

Análise: Para alguns, o grupo mais complicado, para outros uma excelente chave, pois o Brasil precisará começar a enfrentar seleções mais fortes desde o início para chegar ao hexa. A Costa do Marfim é uma das melhores seleções do momento, pois tem grandes jogadores que atuam no futebol europeu como por exemplo Didier Drogba. Portugal foi quarto lugar no último Mundial, mas com a saída de Felipão do comando técnico da seleção, assumiu o seu lugar o treinador Carlos Queiroz, que não foi bem nas Eliminatórias, se classificou na repescagem contra a Bósnia. A seleção portuguesa conta com Cristiano Ronaldo como grande estrela, mas também tem outros bons jogadores em seu time inclusive com três brasileiros: Pepe, Deco e Liédson, que praticamente classificaou sozinho a seleção lusitana para a Copa. A Coreia do Norte é uma ilustre desconhecida, deve ser o adversário mais fraco. Mas ela pode surpreender como aconteceu em 1966. Brasil, Portugal e Costa do Marfim irão brigar ponto a ponto para a segunda fase.

GRUPO H
Espanha
Suíça
Honduras
Chile

Análise: Deve ser a chave mais fácil da Copa do Mundo, um verdadeiro presente para os espanhóis. A Espanha em teoria ficará com o primeiro lugar da chave. Enquanto isso, suíços e chilenos tentarão o segundo lugar, com a balança pendendo mais para a seleção sul-americana. Honduras é uma forte candidata a seleção mais fraca do torneio e em 1982 já enfrentou Espanha, empatando o jogo.

LDU É CAMPEÃO EM CIMA DO FLU OUTRA VEZ

on Comments: (1)


Não faltaram espírito de luta e garra para o Fluminense além também de contar com o Maracanã arrebatado de torcedores para empurrar o tricolor para um título internacional inédito. O Flu conseguiu fazer o seu papel, mas não o suficiente, precisava vencer a LDU por uma diferença de 4 gols, mas venceu por 3X0 e o título da Sul Americana ficou com os equatorianos.

O título do Fluminense não foi perdido no Maracanã, foi perdido em Quito na quarta-feira passada, quando o time da casa aproveitando-se da altitude marcou golaços de longa distância e saiu vencedor da partida por 5X1, de virada. Agora no Maracanã era questão de honra o tricolor reagir, embalado pela boa campanha no Brasileiro, que vem o ajudando a sair da zona de rebaixamento e com a torcida quase toda a seu favor, o Fluminense abriu o placar com Diguinho, aos 13 minutos.

Aos 40, foi a vez de Fred, que recebeu boa jogada de contra-ataque e marcou o gol na saída do goleiro Dominguez, dando esperança a nação tricolor. No intervalo, em vez de ir ao vestiário, os jogadores, por determinação do ténico Cuca ficaram em campo para sentirem o calor da torcida e ganharem mais motivação.

Aos 27 do segundo tempo, após cobrança de escanteio, o zagueiro Gum cabeceou e fez o terceiro. O quarto gol seria questão de tempo, com esse gol, o Fluminense levaria o jogo para a prorrogação. Mas brilhou a estrela do goleiro Dominguez e do sistema defensivo da LDU. Quanto mais o tempo passava, o desespero do Flu aumentava e para os equatorianos era uma boa hora para fazerem catimba.

O árbitro deu mais quatro minutos de acréscimo, e o time da LDU aproveitou todo esse tempo para paralisar o jogo de deixar os minutos correrem. O juiz deu mais um minuto e marcou falta para o time das Laranjeiras, onde até o golerio Rafael foi para o campo de ataque tentar o cabeceamento, mas a falta foi bloqueada pela defesa da Liga e após o apito final pôde comemorar mais um título continental e novamente em cima do Fluminense.

BANDA DO MÊS : HEART

on Comments: (3)


Heart é um grupo de hard-rock formado em 1973 no Canadá. Em sua formação, tem dias irmãs nascidas na California, mas radicadas em Seattle, as irmãs Ann e Nancy Wilson, que são as vocalistas da banda.

Em 1975, o Heart gravou seu primeiro disco, o "Dreamboat Annie", que vendeu um milhão de cópias e emplacou uma faixa de sucesso chamada "Magic Man" e mostrou a todos a potência vocal de Ann. Em 1977 foi gravado o "Magazine", segundo álbum das irmãs, outra vez uma música fica nas paradas de sucesso:"Heartless".

Ainda em 1977 saiu o terceiro disco, o "Little Queen", que teve o maior sucesso delas, a canção "Barracuda", que tinha um riff de guitarra bastante peculiar e mais voltado ao hard-rock. Em 78 elas lançaram o "Dog & Butterfly", que foi premiado com disco de platina duplo e colocou mais um sucesso pra coleção delas: "Straight On".

Em 1980 saiu o quinto disco, o "Babe Le Strange", que alcançou sucesso com a faixa-título e com "Even It Up", sendo considerado um dos melhores trabalhos das irmãs Wilson. "Private Audition" foi lançado em 1982, sendo o sexto disco do grupo, mas não alcançou o mesmo sucesso dos anteriores. Em 1983 lançaram o sétimo disco, o "Passioworks", que outra vez não fez obteve êxito. Era a hora das Wilson darem uma parada para reciclar os pensamentos.

Em 1985, de volta aos estúdios e de gravadora nova, lançaram o oitavo disco, "Heart", que fez sucesso com a música "These Dreams". Em 1987 saiu o "Bad Animals", que arrebentou com a balada "Alone", considerada um dos grandes sucessos do ano e uma das marcas dos anos 80.

Em 1990 elas gravaram o "Bigade", que ganhou o disco de platina duplo e explodiu com o hit "All I Wanna do Is Make Love With You". Em 1993 saiu o "Desire Walks On", o décimo primeiro disco. Depois de nove anos sem gravar, as irmãs lançaram o "Jupter Darling", seu trabalho de gravação mais recente.

Em 2007, o Heart entrou para o "Hall da Fama do Rock", uma grande honraria para duas irmãs consideradas pioneiras no rock e quen inspiraram várias bandas mais novas.