MUDA O RANKING DE CAMPEÕES BRASILEIROS

on Comments: (1)

A CBF na noite desta terça-feira (21) divulgou um parecer reconhecendo os clubes campeões da Taça Brasil (disputada entre 1959 e 1968) e da Taça de Prata (disputada entre 1967 e 1970) como campeões brasileiros antes de 1971, quando foi criado o Campeonato Brasileiro. Com isso, Santos e Palmeiras passam a ser os maiores vencedores, com oito títulos cada um, ultrapassando o São Paulo, com seis. O Fluminense passaria a ter três títulos, o Botafogo, Bahia e Cruzeiro, dois. Ainda hoje será divulgado um parecer que oficialza o título brasileiro de 1987 para o Sport Recife.

Confira a nova lista de campeões brasileiros
1959 Bahia
1960 Palmeiras
1961 Santos
1962 Santos
1963 Santos
1964 Santos
1965 Santos
1966 Cruzeiro
1967 Palmeiras (Taça Brasil)
1967 Palmeiras (Taça de Prata)
1968 Botafogo (Taça Brasil)
1968 Santos (Taça de Prata)
1969 Palmeiras
1970 Fluminense
1971 Atlético Mineiro
1972 Palmeiras
1973 Palmeiras
1974 Vasco da Gama
1975 Internacional
1976 Internacional
1977 São Paulo
1978 Guarani
1979 Internacional
1980 Flamengo
1981 Grêmio
1982 Flamengo
1983 Flamengo
1984 Fluminense
1985 Coritiba
1986 São Paulo
1987 Sport Recife
1988 Bahia
1989 Vasco da Gama
1990 Corinthians
1991 São Paulo
1992 Flamengo
1993 Palmeiras
1994 Palmeiras
1995 Botafogo
1996 Grêmio
1997 Vasco da Gama
1998 Corinthians
1999 Corinthians
2000 Vasco da Gama
2001 Atlético Paranaense
2002 Santos
2003 Cruzeiro
2004 Santos
2005 Corinthians
2006 São Paulo
2007 São Paulo
2008 São Paulo
2009 Flamengo
2010 Fluminense

CONFRONTOS DA LIBERTADORES DE 2011 JÁ DEFINIDOS

on Comments: (0)

Os confrontos da Pré-Libertadores de 2011 já estão definidos. O vencedor das partidas passará a integrar a fase de grupos do mais importante torneio interclubes da América do Sul. Em 2011, o Brasil irá contar com dois representantes na fase preliminar da Libertadores. O Corinthians irá enfrentar o Deportes Tolima, da Colômbia e o Grêmio joga com os uruguaios do Liverpool.

Confira a lista de jogos

Corinthians X Deportes Tolima (COL)
Jaguares (MEX) X Alianza Lima (PER)
Cerro Porteño (PAR) X Deportivo Petare (VEN)
Unión Española (CHI) X Bolívar (BOL)
Indepediente (ARG) X Deportivo Quito (EQU)
Grêmio X Liverpool (URU)

SESSÃO MEMÓRIA: OS 40 ANOS DA TAÇA DE PRATA TRICOLOR

on Comments: (0)


No ano em que o torcedor do Fluminense celebra o seu segundo (ou terceiro) título brasileiro, também se comemora o quadragésimo aniversário da conquista do torneio Roberto Gomes Pedrosa, mais conhecido como Taça de Prata, considerado o primeiro título brasileiro do Tricolor das Laranjeiras.

A Taça de Prata foi um torneio nacional disputado entre 1967 e 1970. Em 1967 e 1968 foi disputada paralelamente com a Taça Brasil. O torneio era nada mais nada menos que um Rio-São Paulo ampliado, incluindo agora clubes de Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia e Pernambuco.

Na edição de 1970, o Fluminense sequer era cotado como favorito ao título. Os favoritos eram Palmeiras, que já contava com Ademir da Guia e ainda tinha o embrião da chamada "Academia", que seria bi-campeã brasileira em 1972 e 73. O Cruzeiro dos tri-campeões Tostão, Fontana e Piazza. O Santos de Pelé e o forte time do Grêmio, campeão gaúcho de 70.

O Fluminense ficou no Grupo B ao lado de Cruzeiro, Internacional, Flamengo, Corinthians, Santa Cruz, Atlético Paranaense, Ponte Preta e Vasco. O tricolor terminou a primeira fase em segundo lugar em sua chave com 16 jogos disputados. Oito vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Em segundo lugar, o Flu conseguiu se classificar para o quadrangular final que tinha Atlético Mineiro, Cruzeiro e Palmeiras.

Foi no quadrangular final que brilhou a estrela de Mickey, jogador do Fluminense que comemorava os gols fazendo o gesto de paz e amor. Ele marcou o gol da vitória tricolor sobre o Palmeiras por 1X0 na estreia do quadrangular. No jogo contra o Cruzeiro, Mickey marcou mais um gol que deu a vitória para o Fluminense.

Dia 20 de dezembro de 1970, Maracanã. O Fluminense enfrentaria o Atlético Mineiro e precisava de apenas um empate para conquistar a Taça de Prata. Mickey abriu o placar para o Flu após receber cruzamento na área do Atlético e arrematar de cabeça. O Galo empatou dos dois do segundo tempo com Vaguinho. Mas o placar não era o suficiente e o Fluminense pôde pela primeira vez festejar o título de Campeão do Brasil, como dizia a mídia na época.

HINO DO FLUMINENSE

Sou tricolor de coração.
Sou do clube tantas vezes campeão.
Fascina pela sua disciplina,
O fluminense me domina.
Eu tenho amor ao tricolor!

Salve o querido pavilhão,
Das três cores que traduzem tradição:
A paz, a esperança e o vigor.
Unido e forte pelo esporte,
Eu sou é tricolor!

Vence o fluminense
Com o verde da esperança,
Pois quem espera sempre alcança.
Clube que orgulha o brasil,
Retumbante de glórias e vitórias mil!

Sou tricolor de coração.
Sou do clube tantas vezes campeão.
Fascina pela sua disciplina,
O fluminense me domina.
Eu tenho amor ao tricolor!

Salve o querido pavilhão,
Das três cores que traduzem tradição:
A paz, a esperança e o vigor.
Unido e forte pelo esporte,
Eu sou é tricolor!

Vence o fluminense
Com sangue do encarnado,
Com amor e com vigor.
Faz a torcida querida
Vibrar com a emoção do tricampeão!

Vence o fluminense,
Usando a fidalguia.

Branco
é paz e harmonia.
Brilha com o sol da manhã,
Qual luz de um refletor.

Salve o tr
icolor!!!
Fluminense campeão da Taça de Prata de 1970
Em pé: Oliveira, Félix, Denílson, Galhardo, Assis e Marco Antônio
Agachados: Cafuringa, Didi, Mickey, Samarone e Lula
Técnico: Paulo Amaral



SESSÃO MEMÓRIA: 10 ANOS DA VIRADA DO SÉCULO

on Comments: (0)


O tempo passa rápido demais. Já são dez anos que o mundo testemunhou uma das maiores viradas da história do futebol. Uma partida que terminou o primeiro tempo em 3X0, teve o seu placar final em 4X3. Dia 20 de dezembro de 2000, Vasco X Palmeiras, final da Copa Mercosul, estádio Palestra Itália.

A Copa Mercosul foi criada em 1998 para reunir os melhores clubes dos países do bloco econômico Mercosul: Brasil, Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai. Esse campeonato foi o substituto da Copa Conmebol, que já estava ficando meio decadente. Até o ano de 2000, a Mercosul só foi conquistada por brasileiros: Palmeiras em 1998, Flamengo em 1999 e Vasco em 2000.

A Copa Mercosul de 2000 foi disputada por vinte clubes, divididos em cinco grupos de quatro cada um. O Vasco ficou no Grupo E ao lado de Atlético Mineiro, Peñarol do Uruguai e San Lorenzo da Argentina. A campanha vascaína na primeira fase da competição não foi das melhores. O clube de São Januário terminou a fase de grupos entre os melhores segundos colocados, com 10 pontos conquistados. Seis partidas disputadas, três vitórias, um empate e duas derrotas.

Nas quartas de final, os vascaínos enfrentaram o Rosário Central da Argentina. O primeiro jogo em São Januário, o Vasco venceu por 1X0. No segundo jogo, em Rosário, na Argentina, os "canários" venceram por 1X0, forçando uma terceira partida, que seria realizada na Argentina. O terceiro jogo, no estádio do Rosário Central terminou em 1X1. A vaga teve que ser decidida nos pênaltis. E deu Vasco por 5X4.

Nas semis o Vasco enfrentou o River Plate, que contava com o chamado "Quarteto Fantástico", liderado por Ariel Ortega. A primeira partida foi disputada no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. O time da cruz de malta não tomou conhecimento do tiem argentino e lhes aplicou uma goleada por 4X1. O verdadeiro "Quarteto Fantástico" era o do Vasco formado por Juninhos, Euller e Romário. No jogo de volta, em São Januário, debaixo de uma forte chuve a à noite, o Vasco venceu por 1X0 e garantiu a passagem para a finalíssima.

Na grande final o Vasco enfrentaria o Palmeiras, campeão da primeira edição em 98 e vice-campeão em 1999. A primeira partida, jogada no Maracanã foi vencida pelos vascaínos por 2X0 com gols de Juninho Pernambucano e Romário. A segunda partida da final foi vencida pelos palmeirenses por 1X0, com gol de Neném.

Mas o título seria decidido na terceira partida, em São Paulo. Às vésperas do jogo decisivo, o treinador vascaíno Oswaldo de Oliveira foi demitido e em seu lugar foi contratado Joel Santana. Chegou o dia 20 de dezembro, dia da decisão da Mercosul. O primeiro tempo foi de absoluto domínio palmeirense. A primeira etapa terminou em 3X0 para o time paulista com gols marcados por Arce, Magrão e Tuta. Parecia que seria uma vitória fácil para o Palmeiras.

Na volta do intervalo, os vascaínos reagiram com força. Romário marcou dois gols de pênalti um espaço de dez minutos. Aos 41 do segundo tempo, Juninho chegou ao gol de empate vascaíno, praticamente sacramentando o título para o time do Rio de Janeiro. Aos 48 do segundo tempo, após linda jogada iniciada por Viola, Romário deu a alegria à torcida vascaína em pleno Palestra Itália. Enquanto a torcida do Vasco festejava uma conquista inédita, a torcida palmeirense ficava perplexa tentando acreditar no que havia acontecido.

Foi uma virada que não tem explicações, quem viu, viu, quem não viu, nunca mais em sua vida verá algo parecido. Foi a vitória da raça, da superação, da luta e do desejo de vitória, que move cada coração vascaíno.

HINO DO VASCO

Vamos todos cantar de coração
A cruz de malta é o meu pendão
Tu tens o nome do heroico português
Vasco da Gama, tua fama assim se fez

Tua imensa torcida bem feliz
Norte-Sul, Norte-Sul deste país
Tua estrela na terra a brilhar
Ilumina o mar

No atletismo és um braço
No remo és imortal
No futebol és um traço
De união Brasil-Portugal

Vasco campeão da Copa Mercosul 2000
Em pé: Júnior Baiano, Henrique, Mauro Galvão, Hélton, Márcio, Jorginho, Odvan e Nasa
Agachados: Pedrinho, Alex Oliveira, Paulo Miranda, Jorginho Paulista, Romário, Euller, Juninho Paulista e Juninho Pernambucano
Técnicos: Oswaldo de Oliveira/Joel Santana


SESSÃO MEMÓRIA: HÁ 15 ANOS O BOTAFOGO ERA CAMPEÃO BRASILEIRO

on Comments: (0)


Ser botafoguense é ser supersticioso, é sofrer até o último minuto com uma vitória que poderia estar garantida ainda no primeiro tempo. É sempre acreditar e cultuar seus eternos ídolos como deuses. Foi assim que a torcida festejou o título brasileiro de 1995, com sofrimento e muita luta, principalmente muita alegria.

O time botafoguense era uma parte da base mantida após o título da Copa Conmebol, que terminou o Brasileiro daquele ano em 31º lugar, em penúltimo. Em 1994 foram contratados mais alguns reforços, inclusive Túlio, o grande nome da conquista de 95, que foi o artilheiro do Brasileirão de 1994.

O campeonato Brasileiro de 1995 contava com 24 clubes, sendo 12 times divididos em duas chaves. O Cruzeiro terminou a primeira fase em primeiro lugar do grupo e se garantiu nas semifinais enquanto o Botafogo ficou em quinto lugar com onze jogos disputados, cinco vitórias, três empates e três derrotas. Na segunda fase, onde os clubes de um grupo enfrentavam de outro, o Fogão ficou em primeiro lugar com onze jogos, oito vitórias, três empates e apenas uma derrota. Terminou em primeiro lugar do grupo A e se classificou para as semifinais junto com o Santos, primeiro colocado do Grupo B. Cruzeiro e Fluminense já haviam se classificado ao terminarem em primeiro de seus grupos na fase anterior.

Nas semifinais o Botafogo enfrentou o Cruzeiro. O primeiro jogo no Mineirão terminou em 0X0. O segundo jogo, no Maracanã terminou com mais um empate, desta vez em 1X1. O alvinegro se classificou para a final por critério de melhor campanha que o time mineiro. O Santos, por sua vez foi goleado por 4X1 pelo Fluminense no Maracanã. No jogo de volta, com show de Giovani, o Peixe venceu o tricolor por 5X2 e carimbou seu passaporte para a decisão.

Chegou o dia da final do Brasileirão. Dois times clássicos, que levantavam título entre os anos 50 e 60, tinham grandes craques em sua história, se enfrentariam em uma final de Brasileiro. O Maracanã ficou preto e branco, a torcida botafoguense viu o seu time vencer o Santos por 2X1com um dos gols marcados por Túlio, artilheiro do campeonato. O segundo jogo, no Pacaembu terminou com um empate em 1X1 entre santistas e botafoguenses. O gol do Botafogo foi marcado por Túlio, que após o apito final, ergueu a bola do jogo como se fosse seu troféu.

HINO DO BOTAFOGO

Botafogo, Botafogo,
campeão desde 1910
És herói em cada jogo,
Botafogo, por isso que tu és
e hás de ser nosso imenso prazer

Tradições aos milhões tens também
Tu és o glorioso,
não podes perder,
perder para ninguém!

Em outros esportes, tua fibra está presente,
honrando as cores do Brasil e da nossa gente

Na estrada dos louros, um facho de luz
Tua estrela solitária te conduz!

Botafogo Campeão Brasileiro de 1995
Em pé: André Silva, Wilson Goiano, Gonçalves, Beto, Gottardo e Wagner
Agachados: Túlio, Donizete, Jamir, Sérgio Manoel e Leandro Ávila
Técnico: Paulo Autuori


SESSÃO MEMÓRIA: VINTE ANOS DO PRIMEIRO BRASILEIRO DO TIMÃO

on Comments: (0)

Há duas décadas a torcida corintiana festejava o seu primeiro título brasileiro. Depois de ficar 23 anos sem conquistar um título, jejum quebrado em 1977 com o título paulista sobre a Ponte Preta, o Timão almejava mais do que nunca um título nacional. O mais próximo do título brasileiro que o Corianthians havia chegado até então foi um vice-campeonato em 1976, perdendo para o Internacional na final.

O Campeonato Brasileiro de 1990 contava com 20 clubes, que disputavam a primeira fase em dois grupos divididos em dez clubes cada um. O curioso desse campeonato foi a presença de Bragantino, campeão Paulista de 1990 e campeão da Série B de 1989; São José, vice-campeão da Série B de 89 e da Inter de Limeira.

O Corinthians ficou no Grupo A na primeira fase do Brasileirão. Nessa fase, os times do Grupo A enfrentavam os times do Grupo B. Na primeira fase o time do Parque São Jorge terminou em segundo lugar, atrás do Atlético Mineiro, se classificando para as quartas de final do torneio. Dez partidas disputadas, seis vitórias, dois empates e duas derrotas.

Na segunda fase os times se enfrentavam dentro do mesmo grupo. O grupo do Corinthians tinha Atlético Mineiro, Bragantino, Goiás, Bahia, Botafogo, Vasco, Santos, Internacional e Portuguesa. Nessa segunda fase, o Timão não fez uma boa campanha, terminou em penúltimo em sua chave com apenas duas vitórias em dez jogos, mas mesmo assim ele já estava classificado para a fase seguinte. No resultado final, o Cortinthians terminou em quarto lugar do Grupo A e se garantiu nas quartas.


Nas quartas de final o Corinthians enfrentou o Atlético Mineiro e derrotou o Galo por 2X1 no jogo no Pacaembu e empatou em 0X0 no Mineirão, se garantindo nas semifinais. Pelas semis o Timão enfrentou o Bahia, campeão brasileiro de 1988. Novamente uma vitória corintiana por 2X1 no Pacaembu e um outro empate sem gols em Salvador. O Coringão estava classificado para a decisão e ia enfrentar o São Paulo.

No primeiro jogo da final, disputado no Pacaembu, deu Corinthians 1X0 com gol de Wilson Mano. No jogo decisivo, no Morumbi, casa do São Paulo, o Timão após muita pressão são paulina só conseguiu marcar o gol do título aos nove do segundo tempo com Tupãzinho, que virou herói da Fiel. Pela primeira vez a torcida corintiana festejava um título brasileiro.

HINO DO CORINTHIANS

Salve o Corinthians,
o campeão dos campeões!
Eternamente, dentro dos nossos corações.
Salve o Corinthians,
de tradições e glórias mil.
Tu és o orgulho
dos desportistas do Brasil!

Teu passado é uma bandeira.
Teu presente é uma lição.
Figuras entre os primeiros
do nosso esporte bretão!

Corinthians grande, sempre altaneiro! És do Brasil, o clube mais brasileiro!

Corinthians Campeão Brasileiro de 1990
Em pé: Giba, Jacenir, Marcelo, Guinel, Márcio e Ronaldo
Agachados: Fabinho, Wilson Mano, Tupãzinho, Neto e Mauro
Técnico: Nelsinho Baptista




GUERREIROS BI-CAMPEÕES BRASILEIROS

on Comments: (0)

Guerreiros, time de guerreiros, esta é a definição deste grande time do Fluminense, que acabou com um jejum de 26 anos sem a conquista de um Campeonato Brasileiro. No estádio do Engenhão, o Tricolor das Laranjeiras confirmou o título brasileiro após derrotar o já rebaixado Guarani por 1X0 com um gol de Emerson.

Foi uma conquista mais do que justa, foi o melhor time de toda a competição. Teve o melhor jogador do campeonato, o argentino Dario Conca, que por incrível que pareça, jogou todas as partidas do Brasileirão e ainda liderou o time para o bi-campeonato. Além desta vitória, o Flu foi beneficiado pelo empate do Corinthians com o Goiás por 1X1. O Corinthians, por outro lado perdeu até o vice-campeonato, pois empatou com o time esmeraldino e viu o Cruzeiro vencer a sua partida contra o Palmeiras por 2X1.

A última vaga para a Série B também foi definida. Em um jogo direto contra o rebaixamento, Atlético Goianiense e Vitória ficaram no 0X0. O resultado salvou o time goiano e rebaixou o Vitória da Bahia.

Parabéns para toda a nação tricolor, que sofreu durante 26 anos para voltar a gritar "é campeão".

HINO DO FLUMINENSE

Sou tricolor de coração.
Sou do clube tantas vezes campeão.
Fascina pela sua disciplina,
O fluminense me domina.
Eu tenho amor ao tricolor!

Salve o querido pavilhão,
Das três cores que traduzem tradição:
A paz, a esperança e o vigor.
Unido e forte pelo esporte,
Eu sou é tricolor!

Vence o fluminense
Com o verde da esperança,
Pois quem espera sempre alcança.
Clube que orgulha o brasil,
Retumbante de glórias e vitórias mil!

Sou tricolor de coração.
Sou do clube tantas vezes campeão.
Fascina pela sua disciplina,
O fluminense me domina.
Eu tenho amor ao tricolor!

Salve o querido pavilhão,
Das três cores que traduzem tradição:
A paz, a esperança e o vigor.
Unido e forte pelo esporte,
Eu sou é tricolor!

Vence o fluminense
Com sangue do encarnado,
Com amor e com vigor.
Faz a torcida querida
Vibrar com a emoção do tricampeão!

Vence o fluminense,
Usando a fidalguia.
Branco é paz e harmonia.
Brilha com o sol da manhã,
Qual luz de um refletor.
Salve o tricolor!!!

A ÚLTIMA VAGA PARA A SÉRIE A É DO AMÉRICA

on Comments: (0)

O Coelho retorna à Série A após dez anos de ausência. Depois de passar por seu pior momento em sua história com o rebaixamento para a Segunda Divisão Mineira em 2007, o América-MG começou o seu renascimento ganhando o Brasileiro da Série C de 2009 e agora ficou com a quarta vaga para a Série A após empate sem gols com a Ponte Preta em Campinas, no sábado (27).

O time mineiro precisava apenas de um empate contra a Ponte para conquistar o acesso para a Série A do Brasileirão. Teoricamente seria uma partida fácil para o América, pois a Macaca não aspirava mais nada na Série B. Ledo engano.

O time de Campinas partiu para o ataque com tudo e perdeu muitas chances de gols. O América ficou recuado, tentando administrar o resultado e de olho na partida entre Portuguesa X Sport Recife, a Lusa era o adversário direto à vaga para a Série A.

A Lusa venceu o Sport pelo placar de 2X1, mas não foi o suficiente para conquistar a vaga. Com o empate em 0X0, o América chegou a 63 pontos, enquanto a Portuguesa chegou aos 62 pontos. A Lusa precisava torcer por uma derrota do América e vencer o Sport para subir para a Série A.

O balanço da Série B ficou assim: Subiram para a Série A: Coritiba (campeão), Bahia, Figueirense e América-MG. Caíram para a Série C: Brasiliense, América-RN, Santo André e Ipatinga.

CORITIBA É CAMPEÃO DA SÉRIE B

on Comments: (0)


Após amargar um ano na Série B, longos meses sem mando de campo, sofrer com a queda para a segunda divisão com direito a uma vergonhosa cena de luta entre torcedores e policiais no Couto Pereira no ano passado, a torcida do Coritiba agora tem motivo para sorrir de novo. O Coxa após empatar com o Icasa em 2X2 garantiu o título da Série B com uma rodada de antecipação O Coritiba conquistou o bi-campeonato da Série B, repetindo o feito do rival Paraná (1992 e 2000) e do Paysandu (1991, 2001).

A torcida Coxa Branca comemorou o título longe de casa, em Juazeiro do Norte, no interior do Ceará. E não foi uma partida tão fácil como se imaginava. O Icasa saiu na frente com um gol de Junior Xuxa aos 19 do primeiro tempo. O time paranaense empatou aos 44 com um golaço de Marcos Aurélio, que passou por dois adversários e marcou. No segundo tempo, Leozinho desempatou para o time cearense. E aos 42, o angolano Geraldo fez 2X2 e garantiu a festa para o Coritiba.

O Coritiba conseguiu o título com 70 pontos graças à derrota do Bahia para o Santo André por 2X1. O time baiano já está garantido na Série A. O Santo André, apesar da vitória, não conseguiu evitar o rebaixamento para a Série C. Além de Coritiba e Bahia, o Figueirense também subiu para a Série A, restando apenas mais uma vaga em aberto, que está sendo decidida entre América-MG e Portuguesa.

Pela Série C de 2010, o ABC de Natal empatou em 0X0 com o Ituiutaba e conquistou o título da terceira divisão do Brasileiro, pois havia vencido o jog de ida por 1X0.

HINO DO CORITIBA

Lá no alto de tantas glórias

Brilhou, Brilhou um novo sol

Clareando com seus raios verde e branco

Encantando o país do futebol

Palco de artistas, jogadores, de um passado sem igual

Da arte dos teus grandes valores

O seu nome pelo mundo vai brilhar

Coritiba, Coritiba campeão do Paraná

Tua camisa alviverde

Com orgulho para sempre hei de amar

Jogando pelos campos brasileiros

Despertando na torcida emoção

Coritiba Campeão do Povo

Alegria do meu coração

Coxa, Coxa , é garra , é força, é tradição

Coxa, Coxa, explode o coração.

VETTEL É O CAMPEÃO DA FÓRMULA 1 EM 2010

on Comments: (0)

Não foi preciso de muita estratégia e jogo de equipe para decidir o campeão da Fórumula 1 deste ano. O alemão Sebastian Vettel venceu o GP de Dubai e conquistou pela primeira vez o título da Fórmula 1. O espanhol Fernando Alonso, que era cogitado como o grande favorito ao troféu terminou em sétimo lugar.

A corrida começou logo com uma batida entre Michael Schumacher da Mercedes e Vitantonio Liuzzi da Force India, forçando a entrada do safety car por cinco voltas, dando uma boa vantagem para Alonso, que havia largado bem. Os problemas para Alonso e Webber começaram nas paradas para troca de pneus. Os dois pilotos acabaram perdendo tempo e posições importantes nos boxes.

Como Vettel não tinha nada a ver com isso foi preciso administrar e seguir para a vitória e para o título, o primeiro de sua carreira. Ao lado dele no pódio estiveram os dois pilotos da McLaren: Jenson Button, em segundo e Lewis Hamilton, em terceiro.

O título da Fórmula 1 está em boas mãos agora, é demonstração de que nem sempre jogo de equipe resolve as coisas. Venceu o piloto mais regular, mais rápido, com o melhor carro. Vettel também quebrou o recorde que pertencia a Hamilton como o piloto mais jovem a conquistar um título na F-1, com 23 anos.

MADUREIRA SOBE PARA A SÉRIE C

on Comments: (0)


"Incrível, Fantástico, Extraordinário". Essa frase foi o título do enredo da Portela no Carnaval de 1979, mas também pode adjetivar a grande vitória do Madureira sobre o Operário por 6X2 garantindo a vaga para a Série C de 2011.

No estádio Conselheiro Galvão, localizado no bairro de Madureira, Zona Norte do Rio de Janeiro, a sempre fiel torcida do Madura, como é carinhosamente chamado deu uma grande demonstração de amor ao seu clube. Os gols do tricolor suburbano foram marcados por Maciel, duas vezes; Hiroshi, também duas vezes; Rodrigo e Pessanha. Péricles e Baiano marcaram para o time paranaense.

Se conseguir o título da Série D de 2010, o Madureira terá o seu maior feito de sua história, superando a conquista da Taça Rio de 2006.

O Araguaína do Tocantins conseguiu também o acesso para a Série C após empate sem gols com o Uberaba. Restam ainda mais duas vagas para a Série C e estão sendo disputadas por Joinville, América-AM, Guarany-CE e Vila Aurora.

BANDA DO MÊS: THE SUNDAYS

on Comments: (2)

The Sundays foi um grupo de rock alternativo inglês formado em 1987 pelo casal Harriet Wheeler (vocal) e o guitarrista David Gavurin. A banda ainda contava com mais dois membros: Paul Brindley (baixo) e Patrick Hannan (bateria).

No início eles tocavam em festivais universitários e começaram a chamar a atenção das grandes gravadoras. Em 1990 foi gravado o seu primeiro disco, o "Reading, Writing And Arithmetic", que teve como grande destaque o tema "Here Where The Story Ends", que ficou em quarto lugar nas paradas de sucesso do Reino Unido e aindas agraciou o grupo com um disco de ouro.

Em 1992 foi gravado o "Blind", o segundo álbum, que teve como hit o cover dos Rolling Stones "Wild Horses", que foi gravado apenas para o público norte americano. Novamente The Sundays ganharam o disco de ouro. Mesmo com essas premiações, a banda nunca teve um lugar de muito destaque aqui no Brasil, sendo pouco conhecida por aqui.

Em 1997 foi gravado o terceiro e último álbum, o "Static And Silence", que rendeu mais um sucesso: "Summertime". A música ficou em décimo lugar nas paradas britânicas e lhes deu o disco de platina. No mesmo ano o casal Harriet e David anunciaram o fim da banda. Eles resolveram dar mais espaço para cuidar da família.

SESSÃO MEMÓRIA: CEM ANOS DO TÍTULO GLORIOSO

on Comments: (0)


O ano de 1910 foi marcado por fatos importantes que marcaram a história do Brasil e da Humanidade. O presidente do Brasil era o Marechal Hermes da Fonseca. No Rio de Janeiro eclodia a Revolta da Chibata, liderada pelo marinheiro João Cândido. Nasceu no bairro de Vila Isabel, no Rio o compositor Noel Rosa. E o cometa Halley passava perto do planeta Terra.

Nesse ano o Campeonato Carioca chegava à sua quinta edição. E o grupo dos clubes grandes era formado apenas por Fluminense, campeão entre 1906 e 1909; o Botafogo e o América. Flamengo e Vasco ainda não tinham departamentos de futebol naquela época. O futebol no Flamengo seria formado em 1912 após uma dissidência de atletas do Fluminense e o futebol do Vasco seria criado em 1915 após uma fusão com o Luisitânia. Os outros participantes do certame foram: Riachuelo, Haddock Lobo e Rio Cricket.

A campanha botafoguense foi praticamente perfeita, com excessão de uma derrota sofrida para o América por 4X1. O time alvinegro aplicou goleadas históricas como um 15X1 sobre o Riachuelo, um 11X0 sobre o Haddock Lobo e um outro 7X0 em cima do Haddock Lobo.

O jogo que deu o título ao Botafogo fora disputado no dia 25 de setembro de 1910, um clássico contra o Fluminense. Vitória alvinegra por incontestáveis 6X1 com direito a três gols de Mimi Sodré, o craque da equipe. Após essa partida, Haddock Lobo e Riachuelo abandonaram o campeonato, o que acabou dando a eles derrotas por W.O. e colocando a taça nas mãos do Botafogo, que sagrava-se campeão carioca por antecipação.

As manchetes dos jornais do dia 26 de setembro de 1910 estampavam a seguinte frase: "Glorioso campeão de 1910". A expressão "Glorioso" surgiu quando sócios e torcedores do Botafogo escreviam telegramas ou cartas para as redações dos jornais da cidade e o texto começava:"Ao glorioso".

Essa expressão foi imortalizada anos mais tarde por Lamartine Babo, autor do hino do Botafogo e de outros clubes cariocas e torcedor do América: "Tu é o Glorioso/Não podes perder, perder pra ninguém". A princípio o primeiro verso do hino seria:"Botafogo/Botafogo/Campeão de 1910". Após protestos dos torcedores botafoguenses, ele mudou a frase para "Campeão desde 1910". Nos anos 90 a Federação Carioca reconheceu o título carioca de 1907 dividido entre Botafogo e Fluminense. Houve uma tentativa de mudar a letra para "Campeão desde 1907", mas não foi bem sucedida.

HINO DO BOTAFOGO

Botafogo, Botafogo,
campeão desde 1910
És herói em cada jogo,
Botafogo, por isso que tu és
e hás de ser nosso imenso prazer
Tradições aos milhões tens também
Tu és o glorioso,
não podes perder,
perder para ninguém!

Em outros esportes, tua fibra está presente,
honrando as cores do Brasil e da nossa gente
Na estrada dos louros, um facho de luz
Tua estrela solitária te conduz!

ALONSO VENCE A SEGUNDA SEGUIDA

on Comments: (0)

A Ferrari mostra sinais de evolução na segunda metade da temporada de 2010 da Fórmula 1. O espanhol Fernando Alonso venceu o GP de Cingapura de ponta a ponta e já está em segundo lugar na pontuação geral do mundial de pilotos, atrás apenas de Mark Webber.

Felipe Massa teve que largar em último lugar por conta de um problema na sua Ferrari durante a primeira parte do treino oficial. Bruno Senna largou em vigésimo primeiro. E Lucas Di Grassi largou em vigésimo. A corrida também foi marcada pelas voltas dos veteranos Nick Heidfeld na Sauber e o austríaco Chistian Klien na Hispania.

Foi uma corrida excelente, com muitas ultrapassagens, brigas por posições e inclusive na última volta um princípio de incêndio na Lotus de Heikki Kovalainen. Rubens Barrichello, da Williams foi o brasileiro melhor colocado, terminando em sexto lugar. Felipe Massa fez uma excelente corrida de recuperação e terminou em décimo lugar. Bruno Senna abandonou a prova após se chocar com o japonês Kamui Kobayashi.

O pódio foi formado por Fenando Alonso em primeiro, Sebastian Vettel, da Red Bull em segundo e o seu companheiro de equipe Mark Webber em terceiro. A próxima etapa será disputada no Japão daqui a duas semanas.

NEYMAR..O SUCESSO SUBIU À CABEÇA?

on Comments: (0)

Eu podia estar nesse momento escrevendo sobre a heróica virada do Santos sobre o Atlético Goianiense por 4X2. Mas o assunto de hoje será o total destempero do jovem atacante santista Neymar.

Na partida de quarta-feira à noite (15), ele fez uma boa atuação, como sempre. Mas acabou se irritando ao sofrer um pênalti e ser impedido de cobrá-lo pelo técnico Dorival Júnior. O resultado disso foi um suposto xingamento do jogador em direção ao banco de reservas e ao final da partida ele foi ao vestiário sem falar com a imprensa.

Após a partida o treinador do Atlético Goianiense, Renê Simões declarou que o Neymar é um dos jogadores mais mal-educados desportivamente que ele conheceu. O treinador do Santos, Dorival Júnior, em entrevista coletiva, disse que o Neymar não é um garoto mal educado. Aplaudo a declaração de Simões, pois o Neymar está mesmo virando um monstro. E gostaria que o Dorival tivesse pulso mais firme e mostrar a ele que as coisas nem sempre vão sair como Neymar imagina. Ele é pai de dois adolescentes, então experiência ele tem para conversar com ele sobre esses "ataques de estrelismo" adolescente.

Até entendo que Neymar tem dezoito anos de idade e não faz muito tempo assim eu também tive essa idade e não sabia o que fazer da minha vida. No caso dele, foi sendo tratado como grande estrela desde os doze anos de idade, chegando até a passar um tempo fazendo testes no Real Madrid. Quando ele ascendeu ao time principal do Santos com a ajuda de Luxemburgo no ano passado, ele foi logo tratado como Deus pela mídia esportiva.

Tudo isso mexe com a cabeça de um garoto de 18 anos de idade que sequer tem maturidade para administrar tudo isso. A vida dele foi mudando muito rápido: dinheiro, prestígio, mulheres (por que não??), propostas milionárias do exterior... Ele precisa ser muito bem orientado pela família, ajuda psicológica (o pai afirma que ele faz terapia), senão o risco de ele encerrar a carreira precocemente e num clube de menor expressão será muito alto, como muitos outros jogadores.

Um recado pra ele (sei que ele não entrará no blog para ler mesmo): Cara, você tem só dezoito anos, aproveite a sua vida, pois você tem só uma. Não acabe com ela. Ouça os seus superiores, pois eles sempre estarão prontos para te ajudar. Não fique se achando a última Coca-Cola do deserto só por que foi convocado uma vez pela Seleção Brasileira. Vários jogadores foram convocados uma vez para a Seleção e depois sumiram do mapa. Pense, moleque!!!

FERRARI VENCE EM CASA

on Comments: (0)


A festa foi grande no autódromo de Monza, na Itália. O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari venceu a terceira corrida dele no ano e se aproxima dos líderes do Mundial de Pilotos.

A corrida começou com o inglês Jenson Button fazendo uma ótima largada e assumindo a liderança da prov. O seu companheiro de equipe Lewis Hamilton não teve a mesma sorte, ao tocar Felipe Massa roda com roda, o inglês teve a suspensão dianteira quebrada e abandonou a corrida na primeira volta ainda na primeira volta.

Com o abandono de Hamilton, a liderança da prova passou para o australiano Mark Webber, da Red Bull, que não teve vida fácil nessa prova, terminando em sexto lugar. Seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel conseguiu terminar em quarto lugar e ainda fez uma parada para torcar pneus na última volta.

O pódio teve além de Alonso em primeiro, Button em segundo e Felipe Massa em terceiro lugar. Com essa vitória Fernando Alonso está em quarto lugar do Mundial de Pilotos.


A próxima prova será daqui a duas semanas no GP de Cingapura.

PIZZA MESO FERRARI, MESO FIA

on Comments: (0)


Na tarde desta quarta-feira (8) durante a reunião do Conselho da FIA, a escuderia Ferrari não sofreu nenhuma punição em relação ao episódio da ultrapassagem entre Fernando Alonso e Felipe Massa no GP da Alemanha, no mês passado. Mas a multa foi mantida.

Segundo Jean Todt, presidente da entidade, não havia provas de que tinha um jogo de equipe para Alonso passar Massa. A explicação dada foi que o piloto espanhol havia recebido uma mensagem dos boxes para ser motivado, isso irritou o seu companheiro de equipe, que acabou diminuindo a velocidade. Curioso não?

A Ferrari passou por um episódio igual em 2002 no GP da Áustria entre Schumacher e Barrichello. O brasileiro estava a poucos metros de vencer a prova e acabou deixando o alemão ultrapassá-lo por ordens do próprio Todt, que era diretor esportico da Ferrari naquela época...

A Ferrari escapou de uma punição, que poderia ser a exclusão da equipe da temporada de 2010 ou o banimento da escuderiua da categoria. A multa de 100 mil dólares imposta pela FIA para a Ferrari é como comprar um quilo de pão e café na padaria da esquina. E se fosse uma equipe como a Hispania ou a Virgin? Será que a FIA seria assim tão benevolente? Pensem nisso.

Mudando de assunto um pouco: a temporada 2011 terá 20 GPs. O novo circuitos a fazer parte do circo será o da Índia. Bernie Ecclestone também anunciou que não terá nenhuma equipe nova no ano que vem, pois não cumpriram com os pré-requisitos para participar da Fórmula 1.

BANDA DO MÊS: CARPENTERS

on Comments: (0)

The Carpenters foi uma dupla pop formada pelos irmãos Richard (piano e backing vocal) e Karen Carpenter (vocal, guitarra e bateria) em 1969 em Los Angeles, na California.

A história musical dos irmãos começa em 1963 quando a família muda-se de Connecicut para a California. Nessa época Richard monta um trio musical com a irmã e um amigo, esse grupo era especializado em jazz e chamava-se Richard Carpenter Trio. O trio chegou a ter alguns contratos de gravação em 1966 gravando covers de músicas famosas.

No dia 22 de abril de 1969, Richard e Karen assinaram contrato com a gravadora A&M Records. O trio já não existia mais, então eles optaram por montar uma dupla musical usando os seus sobrenomes: Carpenters. O primeiro álbum foi gravado em seguida com o nome de "Offering" e fez sucesso com uma versão de um sucesso dos Beatles: "Ticket To Ride". Em 1970 o segundo disco saiu co o nome de "Close To You". Foi a senha para o grande sucesso dos irmãos no mundo inteiro. A faixa título e a música "We've Only Just Begun" tiveram sucesso imediato. Karen passou a ser considerada uma das mais belas vozes da história da música, com toda justiça.

Em 1971 foi gravado o terceiro disco, que recebeu o nome de "Carpenters". Esse álbum repetiu o sucesso dos anteriores, nele tem o maior sucesso da dupla:"Superstar". Esse disco acabou lhes dando o primeiro disco de ouro em suas carreiras. Em 1972 foi gravado o "A Song For You", que emplacou mais dois hits nas rádios:"Top Of The World" e "Hurting Each Other". Em 1973 eles gravaram o "Now And Them".

No ano de 74 eles entraram pela primeira vez em turnê mundial. A essa altura os Carpenters já eram um enorme sucesso. Mas por trás dessa alegria toda, Karen apresentava graves problemas. Num show no Japão ela desmaiou e foi levada ao hospital. O diagnóstico foi anorexia nervosa. Desde a adolescência ela lutava contra o peso, parava de comer, e absava de laxantes.

Em 1975 foi gravado o "Horizon", que foi mais um grande sucesso. Eles regravaram um antigo sucesso das Marvelettes e que também foi gravado pelos Beatles "Please Mr. Postman". A outra música que se saiu bem foi "Only Yesterday". Em 1976 foi gravado mais um álbum: "A Kind Of Hush", que emplacou "I Need To Be In Love". Em 1977 eles gravaram o "Passage".

Mas os problemas continuavam: Richard estava se viciando em medicamentos. A anorexia de Karen piorava cada vez mais. Ela chegou a ser internada durante um tempo. A dupla teve um breve hiato durante um tempo para o tratamento dos dois irmãos. Após quase dois anos de parada, eles voltaram ao estúdio para gravarem o "Made In America", o último álbum deles.

Apesar de Richard ter se reabilitado do vício, infelizmente a saúde de Karen piorava cada vez mais. Ela chegou a se casar em 1980, mas estava cada vez mais deprimida. No dia 4 de fevereiro de 1983, Karen faleceu vítima de insuficiência cardíaca causada pela anorexia, aos 32 anos de idade. Infelizmente uma das mais belas vozes da música internacional calava-se para sempre. Mas seu legado continua. Em 1988 foi lançado um filme contando a história de Karen:"The Karen Carpenter's History".




100 ANOS DE LOUCURAS ALVINEGRAS

on Comments: (0)

Há cem anos na capital paulista, dia primeiro de setembro de 1910, um grupo de operários da cidade de São Paulo decidiu fundar um clube de futebol, inspirados noclube inglês Corinthian, que havia feito uma excursão na cidade um tempo antes, dicidiram batizar o novo club de Sport Club Corinthians Paulista.

A estreia dos corintianos no Campeonato Paulista se deu em 1913 e logo o clube acabou recebendo o apelido de "o clube dos operários". No
ano seguinte os corintianos comemoraram o seu primeiro título, o de campeão paulista. Dois anos depois, em 1916, o Corinthians levantava o Campeonato Paulista pela segunda vez.

Na década de 20, o Timão finalmente entrou no grupo dos grandes do futebol paulista sendo tri-campeão paulista em 1922, 1923 e
1924...no final da década de 20 pro início dos anos 30 o clube alvinegro ainda levaria outros dois tri paulistas (1928, 1929, 1930) (1927,1938, 1939). Tal fato fez os corintianos disputassem palmo a palmo a preferência dos torcedores com o Palestra Itália (atual Palmeiras) e o Paulistano.

Os anos 50 foram marcados pelos grandes títulos do
time corintiano, diferente dos anos 40 onde o Corinthians ganhou apenas uma Taça Cidade de São Paulo em 1941. A primeira metade da década de 50 foi um grande marco de conquistas para os corintianos o time do Parque São Jorge tinha grandes craques como Gilmar, Baltazar (foto), Cabeção, Cláudio, entre outros. Entre 1950 e 1954 o Coringão conquistou dois Campeonatos Paulistas (1951 e 1954), três Torneios Rio-São Paulo (1950, 1952 e 1953) e a Pequena Taça do Mundo, torneio internacional disputado na Venezuela (1953). Entre essas conquistas a mais especial foi a do Campeonato Paulista de 1954, que ficou conhecido como o torneio do IV Centenário da Cidade de São Paulo.

Após a série de conquistas da primeira metade dos anos 50, o Corinthians passou por uma fase de um enorme jejum de títulos. No Campeonato Paulista de 1961 o Corinthians fez uma campanha ridícula e os rivais de brincadeira acabaram apelidando o time de "Faz Me Rir". No ano de 1966, o folclórico presidente Vicente Matheus (foto) tentou apostar em contratações de grandes jogadores como o explosivo Almir Pernambuquinho, ex-Vasco da Gama e o lendário Mané Garrincha, que já estava muito mal fisicamente. Apesar de ter um time de craques, o Timão (como ficou cohecido a partir daquela época) conquistou apenas um Rio-São Paulo em 66 junto com Vasco, Botafogo e Santos. O torneio haivia sido interrompido por causa da preparação dos jogadores da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo. No mesmo ano surgia Rivelino, jogador criado na base corintiana e que acabou tornando-se ídolo do clube em sua época.

Nessa época de jejuns os corintianos tiveram pelo menos um motivo para comemorar alguma coisa: quebraram um jejum de 11 anos sem vitórias sobre o Santos de Pelé. Pelo campeonato Paulista de 1968 o Corinthians
venceu o time santista por 2X0 no estádio do Pacaembu.

Chegam os anos 70 e o jejum está prestes a completar vinte anos e nessa época a torcida corintiana era chamada de "Fiel", pois não ganhava um título há muito tempo, mas não abandonava o clube por nada. Em 1974, quando tudo parecia que ia se resolver, o Corinthians perdeu o Campeonato Paulista na final contra o Palmeiras com um gol de Luizinho. No ano de 1976 pelas semifinais do Campeonato Brasileiro vários ônibus com torcedores corintianos cruzaram a Via Dutra com destino ao Rio de Janeiro para assistir à partida contra o Fluminense. As praias da Zona Sul carioca ficaram lotadas de torcedores corintianos, foi a chamada "Invasão Corintiana" (foto), um dos episódios mais emblemáticos do clube. O Corinthians passou pelo tricolor das Laranjeiras nas semifinais, mas infelizmente, perdeu para o Internacional na grande final, mais um ano de fila.

O ano: 1977. O dia: 9 de outubro. Juntando tudo: 9 de outubro de 1977, dia da salvação corintiana. O dia da quebra do jejum que já durava 23 anos. O dia que São Jorge cansado de tantas preces corintianas nesses longos vinte e três anos resolveu dar à massa alvinegra um título. Foram precisos três jogos para a confirmação do título. O primeiro jogo no Pacaembu foi vencido pelos corintianos por 1X0. Em Campinas a Ponte Preta venceu por 2X1. A tensão era grande da torcida corintiana. Era inaceitável ficar mais um ano sem títulos.

O terceiro jogo foi marcado para o Pacaem
bu. Num bate-rebate dentro da área da Ponte Preta, Basílio (foto) marcou o gol que deixou os torcedores em êxtase, com direito a invadirem o campo ajoelhados pelo fim do tormento de 23 anos. A festa corintiana rolou madrugada adentro, com todo merecimento.Dois anos depois, em 1979, o Corinthians voltou a enfrentar a Ponte Preta em uma final de Campeonato Paulista e novamente sagrou-se campeão paulista.

Começam os anos 80. E no ano de 1981, o presidente Vicente Matheus começa a montar um time cheio de estrelas como Zenon (ex-Guarani), Sócrates, Biro Biro....mas o resultado não foi imediato: o Corinthians fez uma pésima campanha no Campeonato Paulista daquele ano e teria que jogar a Taça de Prata de 1982 (na época os campeonatos estaduais eram qualificatórios para o Campeonato Brasileiro).

O ano de 82 foi marcante para a história corintiana. Foi o na
scimento da chamada "Democracia Corintiana" liderada por Sócrates (foto).Além dele tinham também Vladmir, Casagrande em início de carreira entre outros. Esse movimento abolia as concentrações e também incentivavam os torcedores a votar, pois em 82 houveram as primeiras eleições (para Governador de estado e deputados) após quase 20 anos, e alguns jogadores chegaram a concorrer a cargos públicos.

Esse grupo revolucionário também era muito bom de bola, sagrando-se campeão paulista de 1982 e também servindo de base para a seleção brasileira na
Copa do Mundo de 1982, na Espna. No ano seguinte, com praticamente o mesmo grupo a "Democracia Corintiana" conquistaria o bi-campeonato paulista. Em 1984, o Corinthians acabaria perdendo o título paulista para o Santos com um gol de Serginho Chulapa.

Entre 1985 e 1987 o Corinthians ficou sem conquistar
títulos, o time estava passando por uma entressafra de jogadores. Tanto que em 1988, comandado pelo garoto Viola, o Timão conquistou o Campeonato Paulista numa final com o Guarani.

Foi praticamente com esse mesmo grupo de jogadores que o Corinthians conquistou o seu primeiro Brasileirão. Entre seus principais jogadores estavam: o goleiro Ronaldo, Wilson Mano, Viola, Tupãzinho e o principal deles: Neto (foto), exímio batedor de faltas, mesmo sendo criado no Guaranim tornou-se ídolo da torcida e comandante do primeiro Brasileiro. A final foi contra o rival São Paulo e um gol salvador de Tupãzinho aos nove minutos do segundo tempo.

Após esse título brasileiro de 1990, novamente o Corinthians ficaria alguns anos sem ganhar algum título importante, mas em 1993 chegava do Parque São Jorge um jov
em jogador chamado de Marcelinho Carioca, ele havia jogado pelo Flamengo e sido campeão brasileiro em 1992 pelo clube d
a Gávea. Marcelinho acabaria se tornando no grande símbolo corintiano na década de 90. Em 1995 conquistou a sua primeira Copa do Brasil numa final contra o Grêmio os corintianos venceram pelo placar de 1X0 no estádio Olímpico de Porto Alegre com um gol de Marcelinho.

O Timão ainda conquistaria o Campeonato Paulista de 1997. No ano de 1998 o time começou sob o comando de Wanderley Luxemburgo, mas ele teve de deixar o comando do time para treinar a seleção brasileira. Para o lugar de Luxemburgo o presidente Alberto Dualib resolveuefetivar o auxiliar técnico Oswaldo de Oliveira. Oswaldo além de sorte, teve muita competência, revelando ser um dos maiores técnicos da nova geração. Foi Campeão Brasileiro de 1998 numa final com o Cruzeiro.Em 1999 o Corinthians conquistou o Campeonato Paulista numa final contra o Botafogo de Ribeirão Preto. Ainda em 99 conquistou o seu terceiro Brasileiro, desta vez a vítma foi o Atlético Mineiro.

No início de 2000 o Corinthians foi convidado pela FIFA para participar do primeiro Mundial de Clubes organizado pela entidade. O clube da Fazendinha entraria na competição como o Campeão Brasileiro de 99. O Timão ficou em um grupo com Raja Casablanca, Real Madrid e Al-Nassr.O Timão ficou em primeiro lugar na sua chave com sete pontos: duas vitórias e um empate. E foi ao Maracanã jogar a final com o Vasco da Gama. O jogo tanto no tempo normal quanto na prorrogação terminou sem gols. Na disputa de pen
alidades máximas, deu Corinthians, que venceu por 4X3 graças a um pênalti perdido por Edmundo. Os corintianos conquistavam o mundo pela primeira vez.

Em 2001 a boa fase continuava com o título paulista e em 2002, o Timão sob o comando de Carlos Alberto Parreira conquistou a sua segunda Copa do Brasil.No ano seguinte, mais um título paulista na sala de troféus corintiana.


Em 2005 o presidente Alberto Dualib firmou uma polêmica parceria com uma empresa chamada MSI, cujo dono chamava-se Kia Jorabichian, um empresário iraniano. A tal empresa contratou jogadores de peso como Carlitos Tevez (foto) Sebastian Dominguez, Roger, Javier Mascherano, enfim..o Corinthians estava formando um timaço, apesar das suspeitas de onde vinha tanto dinheiro. O Campeonato Brasileiro de 2005 foi bastante tumultuado, tendo uma denúncia de manipulação de resultados, a competição acabou sendo paralisada. Quando o torneio recomeçou, o Corinthians assumiu a ponta da tabela e não saiu mais, sagrando-se campeão brasileiro pela quarta vez.

A parceria com a MSI foi encerrada após a eliminação do Corinthians na Taça Libertadores de 2006 para o River Plate, qua
ndo a torcida corintiana enfurecida ameaçou invadir o gramado do Pacaembu para agredir os jogadores. No Campeonato Brasileiro, o time passou a maior parte do torneio na zona de rebaixamento e só escapou por um milagre. Era a crise corintiana pós-MSI. Em 2007 a crise atingiu o auge, denúncias de lavagem de dinheiro por parte do presidente Alberto Dualib, o time indo mal em todas as competições e o tiro de misericórdia: o rebaixamento para a Série B após um empate com o Grêmio em Porto Alegre.

O ano de 2008 marcou o renascimento corintiano. A "Fiel" abraçou o time de tal maneira que não abandonaria jamais. Para a disputa da Série B foi contratado o treinador Mano Manezes, que havia sido Campeão da Série B com o Grêmio em 2005 e vice-campeão da Taça Libertad
ores com o tricolor gaúcho. A campanha do Timão na Série B foi praticamente perfeita, digna de um clube grande que estava buscando o seu ressurgimento. O título da Série B veio com uma semana de antecipação.

Em 2009, o presidente Andres Sanches continuou com o excelente trabalho de marketing q levantou o clube em 2008 e contratou Ronaldo como seu novo atacante. Com o Fenômeno no time o Corinthi
ans conquistou o Campeonato Paulista de maneira invicta e a Copa do Brasil após uma final com o Internacional. É nesse dia primeiro de setembro que celebramos os 100 anos do gavião que virou fênix...parabéns, bando de loucos!!!!

HINO DO CORINTHIANS

Salve o Corinthians,
O campeão dos campeões,
Eternamente dentro dos nossos corações
Salve o Corinthians de tradições e glórias mil

Tu és orgulho
Dos esportistas do Brasil

Teu passado é uma bandeira,
Teu presente, uma lição
Figuras entre os primeiros
Do nosso esporte bretão

Corinthians grande,
Sempre Altaneiro,
És do Brasil
O clube mais brasileiro

DADOS DO CLUBE

Nome Completo: Sport Club Corinthians Paulista

Data de Fundação: 1 de setembro de 1910
Mascote: Mosqueteiro
Presidente: Andres Sanches
Endereço:Rua São Jorge, 777, São Paulo-SP (sede social)
Estádio: Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu) (capacidade: 37.952 pessoas)

PRINCIPAIS TÍTULOS
Mundial de Clubes da FIFA
2000

Campeonato Brasileiro
1990, 1998, 1999, 2005

Campeonato Brasileiro-Série B
2008

Copa do Brasil
1995, 2002, 2009

Torneio Rio-São Paulo
1950, 1953, 1954, 1966, 2002

Campeonato Paulista
1914, 1916, 1922, 1923, 1924, 1928, 1929, 1930, 1937, 1938, 1939, 1941, 1951, 1952, 1954, 1977, 1979, 1982, 1983, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2009

Corinthians Campeão Mundial de Clubes de 2000
Em pé: Dida, Kléber, Fábio Luciano, Vampeta, Rincón e Adilson
Agachados: Luizão, Índio, Ricardinho, Marcelinho Carioca e Edílson
Técnico: Oswaldo de Oliveira

HAMILTON VENCE NA BÉLGICA

on Comments: (1)


O GP da Bélgica de Fórmula 1é considerado o grande prêmio favorito de dez entre dez pilotos da F-1, graças à pista rápida em Spa-Francorchamps e pelos vários pontos de ultrapassagem. Mas também quando chove naquela região, a corrida vira um verdadeiro Deus nos acuda, pois a pista fica lisa demais.

Na largada, o pole position Mark Webber, da Red Bull largou mal e deixou a primeira posição no colo do inglês Lewis Hamilton, da Mc Laren. O piloto australiano caiu para o sétimo lugar. Na segunda volta Fernando Alonso e Rubens Barrichello se enovlverem em uma batida. O brasileiro da Williams levou a pior e abandonou a corrida quando ele comemorava 300 GPs na carreira. Alonso teve que ir aos boxes e acabou perdendo várias posições.

Mais problemas na corrida por causa da chuva que parava e voltava. Sebastian Vettel e Jenson Button chocaram-se e o piloto inglês da Mc Laren foi obrigado a abandonar a prova. O alemão da Red Bull foi punido por passar pelos boxes. Mas parecia que o dia não era de Vettel, ele se envolveu em mais uma batida, desta vez a vítima foi o italiano Vitantonio Liuzzi, da Force India, que também abandonou. Vettel teve o pneu direito traseiro furado.

Nico Rosberg e Michael Schumacher, companheiros de equipe da Mercedes GP protagonizaram um ótimo duelo por posições. Rosberg fez uma excelente corrida, mostrando que está em melhor fase que o heptacampeão mundial. O pódio ficou assim: Hamilton, da Mc Laren em primeiro, Webber, da Reb Bull em segundo e Kubica, da Renault em terceiro. Felipe Massa da Ferrari terminou em quarto lugar. Com a vitória na Bélgica, Hamilton reassumiu a liderança do Mundial de Pilotos com três pontos a mais que Webber.

A próxima corrida está marcada para daqui a duas semanas no autódromo de Monza, na Itália.

GRUPOS SORTEADOS NA UEFA CHAMPIONS LEAGUE

on Comments: (0)

Foram sorteados na tarde desta quinta-feira (26), em Monte Carlo, Mônaco os grupos da UEFA Champions League. Serão oito grupos com quatro equipes cada um. Destaque para o Grupo G, que ficou conhecido como o "grupo da morte", que tem três grandes equipes que fizeram história na Champions: Milan, Real Madrid e Ajax.
A fase de grupos se inicia dia 14 de setembro.
Confira agora a relação dos grupos:

GRUPO A
Inter de Milão (ITA)
Werder Bremen (ALE)
Tottenham (ING)
Twente (HOL)


GRUPO B
Lyon (FRA)
Benfica (POR)
Schalke 04 (ALE)
Happoel Tel-Aviv (ISR)

GRUPO C
Manchester United (ING)
Valencia (ESP)
Glasgow Rangers (ESC)
Bursaspor (TUR)

GRUPO D
Barcelona (ESP)
Panathinaikos (GRE)
Copenhagen (DIN)
Rubin Kazan (RUS)

GRUPO E
Bayern de Munique (ALE)
Roma (ITA)
Basel (SUI)
Cluj (ROM)

GRUPO F
Chelsea (ING)
Olympique de Marseille (FRA)
Spartak Moscou (RUS)
Zilina (ESL)

GRUPO G
Milan (ITA)
Real Madrid (ESP)
Ajax (HOL)
Auxerree (FRA)

GRUPO H
Arsenal (ING)
Shakhtar Donestki (UCR)
Sporting Braga (POR)
Partizan Belgrado (SER)

REAÇÃO VERDE E 500 JOGOS DE MARCOS

on Comments: (0)

Jogo especial para qualquer torcedor palmeirense. Palestra Itália lotado, Marcos completando 500 jogos pelo time alviverde e o Palmeiras vencendo o Vitória por 3X0 e se classificando para as oitavas de final da Copa Sul Americana.

O primeiro gol do Palmeiras saiu aos 47 do primeiro tempo com um belo gol de Tadeu que deu um toquinho na saída do goleiro Viáfara e a bola mansamente entrou no gol. O segundo gol palmeirense saiu após falha grotesca do goleiro o Vitória que tentou sair jogando. Tadeu apenas chutou para o gol vazio e fez 2X0 para o time do Palestra Itália.

No final da partida, o veterano Marcos Assunção marcou um lindo gol de falta, para garantir a classificação do Palmeiras para a próxima fase da Sul Americana.

OUTROS RESULTADOS
Santos 1X0 Avaí (Avaí classificado)
Universitário de Sucre (BOL) 2X0 Colo Colo (CHI)
Deportivo Lara (VEN) 2X0 Indepediente Santa Fé (COL)
Guarani (PAR) 2X0 River Plate (URU)

A AMÉRICA É VERMELHA OUTRA VEZ

on Comments: (0)


Quatro anos depois a América do Sul voltou a se tingir de vermelho e saudar o Internacional pela conquista da Taça Libertadores da América pela segunda vez em sua rica história.

O clube que até nove anos atrás brigava contra o rebaixamento, em pouquíssimo tempo resgatou a sua veia vitoriosa, sendo chamado de "Campeão de Tudo", pois entre 2006 e 2010 conquistou tudo que tinha que conquistar e recuperou o respeito por parte dos adversários e a admiração de seus fanáticos torcedores, que nunca o abandonaram.

A vitória sobre o Chivas no Beira Rio por 3X2, numa virada histórica demonstrou bem a garra colorada, o sangue vermelho correndo nas veias de cada jogador, de cada torcedor, de cada membro da comissão técnica. O título era questão de honra. A foi a juventude vermelha quem marcou os gols da consagração máxima: Rafael Sóbis, Leandro Damião e Giuliano. Os jogadores literalmente deram o sangue pela Libertadores, o exemplo do Tinga é inquestionável.

Parabéns à diretoria do Inter pelo belo trabalho que vem sendo feito e que em poucos tempos colheu frutos de valores inestimáveis. Parabéns à torcida fanática colorada. E parabéns ao Sport Club Internacional, 101 anos e campeão de tudo.

HINO DO INTERNACIONAL

Glória do desporto nacional
Oh, Internacional
Que eu vivo a exaltar
Levas a plagas distantes
Feitos relevantes
Vives a brilhar
Correm os anos surge o amanhã
Radioso de luz, varonil
Segue a tua senda de vitórias
Colorado das glórias
Orgulho do Brasil

É teu passado alvi-rubro
Motivo de festas em nossos corações
O teu presente diz tudo
Trazendo à torcida alegres emoções
Colorado de ases celeiro
Teus astros cintilam num céu sempre azul
Vibra o Brasil inteiro
Com o clube do povo do Rio Grande do Sul

CAMPEÕES DA LIBERTADORES

1960 Peñarol (Uruguai)

1961 Peñarol (Uruguai)

1962 Santos (Brasil)

1963 Santos (Brasil)

1964 Indepediente (Argentina)

1965 Indepediente (Argentina)

1966 Peñarol (Uruguai)

1967 Racing (Argentina)

1968 Estudiantes (Argentina)

1969 Estudiantes (Argentina)

1970 Estudiantes (Argentina)

1971 Nacional (Uruguai)

1972 Indepediente (Argentina)

1973 Indepediente (Argentina)

1974 Indepediente (Argentina)

1975 Indepediente (Argentina)

1976 Cruzeiro (Brasil)

1977 Boca Juniors (Argentina)

1978 Boca Juniors (Argentina)

1979 Olímpia (Paraguai)

1980 Nacional (Uruguai)

1981 Flamengo (Brasil)

1982 Peñarol (Uruguai)

1983 Grêmio (Brasil)

1984 Indepediente (Argentina)

1985 Argentinos Juniors (Argentina)

1986 River Plate (Argentina)

1987 Peñarol (Uruguai)

1988 Nacional (Uruguai)

1989 Nacional de Medellín (Colômbia)

1990 Olímpia (Paraguai)

1991 Colo Colo (Chile)

1992 São Paulo (Brasil)

1993 São Paulo (Brasil)

1994 Vélez Sarfield (Argentina)

1995 Grêmio (Brasil)

1996 River Plate (Argentina)

1997 Cruzeiro (Brasil)

1998 Vasco (Brasil)

1999 Palmeiras (Brasil)

2000 Boca Juniors (Argentina)

2001 Boca Juniors (Argentina)

2002 Olímpia (Paraguai)

2003 Boca Juniors (Argentina)

2004 Once Caldas (Colômbia)

2005 São Paulo (Brasil)

2006 Internacional (Brasil)

2007 Boca Juniors (Argentina)

2008 LDU de Quito (Equador)

2009 Estudiantes (Argentina)

2010 Internacional (Brasil)