SANGUE E SUOR NA PRIMEIRA BATALHA DA FINAL DA LIBERTADORES

on

Em partida disputada em La Plata, Cruzeiro e Estudiantes fizeram um bom espetáculo e a torcida argentina também contribuiu para a beleza da festa, recepcionando a equipe da casa com sinalizadores, papel picado e muitos fogos.

Após o apito inicial de Jorge Larrionda, os dois times se enfrentaram de igual para igual e tendo várias chances de gol, sendo salvas pelo goleiro Fábio, inclusive, defendendo um chute de Verón que tinha endereço certo. Mas como em toda partida entre brasileiros e argentinos, sempre tem a velha rivalidade e catimba. Um zagueiro do Estudiantes após se chocar com um jogador do Cruzeiro, saiu de campo com a cabeça sangrando. Verón recebeu uma cotovelada não intencional de Ramires e acabou saindo com o rosto sangrando também.

Uma chance de ouro foi perdida por Kléber, com o goleiro Anduja já batido, ele chutou a bola para fora, no segundo tempo. O jogador do Estudiantes fez uma linda jogada, driblando dois cruzeirenses, mas acabou parando em Fábio, em noite inspirada.

Agora ficou tudo decidido para a próxima semana, no Mineirão, em caso de empate, terá prorrogação e persistindo o empate, haverá pênaltis. O Cruzeiro conseguiu um bom resultado na Argentina, mas o Estudiantes não se intimida fora de casa, tem um time fortíssimo e pode complicar as coisas para os mineiros.

2 comentários:

Cláudio Souza disse...

Cruzeiro deve ser o campeão !!!

Vv disse...

Espero que o Cruzeiro não dê o MOLE que o FlormineC deu ano passado !! Mole não. VEXAME :)! Sou cruel !! hihihihi. Bjs, Vivi.