GALO CENTENÁRIO

on


Dia 25 de março de 1908, um grupo de estudantes resolve matar aula do colégio onde estudavam e se reúne no Parque Municipal, em Belo Horizonte e fundam o Clube Atlético Mineiro. No início eles usavam um campo meio inclinado, onde a bola sempre rolava barranco abaixo.


Com o tempo, o pequeno clube de estudantes foi ganhando mais simpatizantes, a primeira partida foi contra o Sport Club Futebol, que foi vencida por 3X0 para o Atlético. Mais tarde, o Atlético enfrentou o Grambery, da cidade de Juiz de Fora e perdeu por 5X1, foi marcada outra partida e a equipe do interior venceu de novo por 3X1, uma terceira partida foi marcada e o Atlético venceu por 7X0, após essa vitória, o Atlético passou a ser conhecido como "vingador".


A primeira conquista foi em 1915, conquistando o primeiro Campeonato Mineiro da história, de sete partidas disputadas, perdeu apenas uma. Após onze anos de jejum, o Atlético conquistou seu segundo campeonato Mineiro, em 1926, em 1927, o Atlético conquistou o bicampeonato.


A escolha do galo como mascote foi idéia do chargista Fernando Pieruccetti, que também desenhou os mascotes dos rivais Cruzeiro e América-MG (a raposa e o coelho, respectivamente), a explicação dada foi que o time do Atlético é aguerrido, parece um galo de briga.



O Atlético sempre foi grande celeiro de craques: Mário de Castro, Dario, Éder, Reinaldo, Euller, Guilherme e mais recentemente Danilinho. Teve o Dario como primeiro atleticano a disputar uma Copa do Mundo, em 1970, no México. Desde então, nove atleticanos foram convocados para Mundiais, o último deles foi Gilberto Silva, atualmente no Arsenal, em 2002.


As conquistas nacionais do Galo começam em 1937, com o Torneio dos Campeões que reuniu os campeões dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, essa conquista é lembrada no hino do clube:"Nós somos campeões dos campeões/Somos orgulho do esporte nacional". O Atlético é o primeiro campeão brasileiro, em 1971, e ainda teve o primeiro artilheiro do Campeonato Brasileiro, Dario, com 15 gols.


Os títulos internacionais do Atlético Mineiro começaram no início da década de 50, quando o Galo fez uma série de excursões pela Europa, como era o costumes dos times brasileiros da época e ganharam vários desses torneios, a mídia mineira acabou chamando os atleticanos de "Campeões do Gelo", por causa da neve que cobria os gramados na Europa, esse título também é lembrado no hino:"Nós somos campeões do gelo/O nosso time é imortal". Nos anos 90, o Galo voltou a ganhar um título internacional:faturou a Copa Conmebol duas vezes, em 1992 e 1997, esse segundo título foi contra o Lanús, da Argentina, enfrentando a catimba argentina e a violência da torcida do Lanús, que inclusive agrediu o técnico Leão. O Galo mostrou que além de forte e vingador é bom de briga


O Atlético também teve grandes técnicos durante a sua história: Telê Santana, Rubens Minelli, Ênio Andrade, Leão...é um clube de histórias e tradições...


Sendo assim, parabéns a grande massa alvinegra de Belo Horizonte e celebrem esse centenário da melhor maneira possível, pois vocês merecem.



Dados do clube:
Nome Completo: Clube Atlético Mineiro
Data de Fundação:25/03/1908
Mascote:Galo
Presidente:Ziza Valadares
Estádio: Estádio Governador Magalhães Bastos (Mineirão)
Endereço:Avenida Olegário Maciel, 1516 - Santo Agostinho, Belo Horizonte-MG (Sede social)

PRINCIPAIS TÍTULOS
Copa Conmebol
1992, 1997
Campeonato Brasileiro
1971
Campeonato Brasileiro Série B
2006
Torneio dos Campeões
1937
Campeonato Mineiro
1915, 1926, 1927, 1931, 1932, 1936, 1938, 1939, 1941, 1942, 1946, 1947, 1949, 1950, 1952, 1953, 1954, 1955, 1956, 1958, 1962, 1963, 1970, 1976, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1985, 1986, 1988, 1989, 1991, 1995, 1999, 2000, 2007


HINO DO ATLÉTICO MINEIRO

Autor: Vicente Motta

Nós somos
Do Clube Atlético Mineiro
Jogamos com muita raça e amor
Vibramos com alegria nas vitórias
Clube Atlético Mineiro
Galo Forte Vingador.


Vencer, vencer, vencer
Este é o nosso ideal
Honramos o nome de Minas
No cenário esportivo mundial

Lutar, lutar, lutar
pelos gramados do mundo pra vencer


Clube Atlético Mineiro
Uma vez, até morrer


Nós somos campeões do gelo
O nosso time é imortal
Nós somos campeões dos Campeões
Somos o orgulho do Esporte Nacional


Lutar, lutar, lutar
Com toda nossa raça pra vencer
Clube Atlético Mineiro

Uma vez até morrer




Galo Campeão Brasileiro de 1971
Em pé:Renato, Humberto Monteiro, Grapette, Vanderlei, Vantuir e Oldair
Agachados:Ronaldo, Humberto Ramos, Dario, Lola e Tião
Técnico:Telê Santana

3 comentários:

Wilson Hebert disse...

Leo, seu texto ficou muito bom. E viva o Galo!!! (???) 100 anos, pena que o time desse ano, não seja digno do centenario desse clube tão importante.

E será que se a gente matar a aula na faculdade, conseguimos formar um time de futebol pra levantar o futebol do Rio? Heheheheh!!!

Valeu, abração..........

Anônimo disse...

Ta ótimo, muito bom mesmo o texto.... não posso dizer o mesmo do time do atlético esse ano, um time que o camisa 10 é o Souza ex América de Natal, ja da para ver q vamos ter fortes emoções.....Parabésn Galo!

Mateus Papini disse...

Viva o Galo, viva essa nação!

otimo texto!!

Parabéns!