VENTOS DEMOCRÁTICOS VOLTAM A SOPRAR NA COLINA

on

Na manhã de ontem foi julgado na 8º Câmara do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) o recurso da atual diretoria vascaína para manter o resultado das eleições presidenciais ocorridas em outubro de 2006 e evitar que um novo pleito fosse realizado. 

Por três votos a zero, por unaninindade, a situação teve o seu direito cassado e novas eleições serão convocadas em 30 dias, se o prazo não for cumprido, o Vasco receberá uma multa diária de 30.000 reais.

A oposição, liderada por Roberto Dinamite comemorou muito o veredicto, e vai tentar mudar o local das eleições, que tradicionalmente são em São Januário para o Calabouço e vai pedir o uso de urnas eletrônicas, para evitar novas fraudes.

A atual diretoria ainda tem direito a recorrer ao Superior Tribunal, em Brasília, mas a medida não terá efeito suspensivo, sendo assim, as eleições terão de ocorrer entre final de abril e início de maio.

Um comentário:

SãoPauliNa-RP disse...

Oiiiiiiiiiiiiiiiiii

tudo bem com vc?????

To passando por aki..

show seu blog adorei..rsrs..

qdo tiver um tempinho passa lah no meu...sera um prazer rsrs..

Beijosssssssssssssss