CONTINUA COM OS 100%

on

O Vasco foi para Fortaleza, encarou o time da casa, o Ceará no Estádio Castelão e saiu de lá com uma vitória por 2X0. Mas não foi uma grande exibição do time da cruz-de-malta.

O Vasco entrou em campo muito desfalcado, em cima da hora, Rodrigo Pimpão não pôde ser escalado, por contusão e Carlos Alberto, com um edema na coxa, foi poupado para possivelmente jogar contra o Vitória, pela Copa do Brasil. Seus substitutos foram o estreante Magno e Enrico, respectivamente. O Ceará entrou em campo com sua força máxima.

No início do jogo, o Vasco passou a tomar conta do jogo, com maior tempo de posse de bola e apostando mais nos contra-ataques, mas as chances de gol esbarravam na incopetência de seus atacntes, Magno e Élton. Magno, visivelmente nervoso, jogou pouco e pareceu um afobado em algumas oportunidades. No primeiro minuto de jogo, Léo Lima recebeu um cartão amarelo por reclamar da marcação de uma falta a favor do time cearense. Paulo Sérgio perdeu um gol feito, saiu pela direita, driblou o goleiro Marcelo Bonan e tentou marcar por cobertura, a bola saiu por cima do gol do goleiro do Ceará.

O Ceará na metade do primeiro tempo passou a administrar mais o jogo, mas também tinha problemas para finalizar, o atacante Wellington Amorim perdeu um gol cara a cara com Fernando Prass. E Geraldo, também perdeu um gol, foi interceptado pela zaga vascaína.

De volta ao segundo tempo, o Dorival Junior substituiu Magno e colocou Edgar, mas não surtiu tanto efeito, Edgar estava sempre em posição irregular e era assinalado impedimento. Zé Teodoro, técnico do Ceará fez uma dupla substituição: tirou Preto e Reinaldo e colocou André Neles e Eisley em seus lugares. Essas mudanças do time nordestino fizeram efeito temporário, o Vovô do Nordeste passou a pressionar mais o Vasco e as chances de gol paravam nas mãos de Fernando.

O Vasco marcou o primeiro gol após falha do time do Ceará, após saída errada de bola, Ramon arrancou pela esquerda e de fora da área deu um chutaço, sem chances para Marcelo Bonan: Vasco 1X0.

O Vasco efetuou mais duas substituições:tirou Nílton e colocou Bruno Gallo e tirou Enrico e colocou Mateus, para conter os avanços dos adversários. A pressão do Ceará continuava e logo após as substituições vascaínas, Zé Teodoro tirou João Marcos e colocou Branquinho, fazendo os cearenses atacarem mais.

Aos 37 do segundo tempo, jogada construída por Ramon, após falha na zaga do Ceará, Léo Lima empurrou a bola para dentro do gol vazio. Vasco 2X0.O Vasco passou a tocar mais a bola, mas ainda era pressionado pelo time da casa, mas já estava mais tranquilo, a vitória era só questão de tempo.

O juiz apita e encerra o jogo, Vasco 2X0 Ceará. O Vasco segue 100% na Série B e ainda não sofreu gols na competição. Fernando Prass, na minha opinião foi o grande nome da partida.O Vasco saltou do oitavo lugar para o quinto lugar na tabela de classificação da Série B, mostrando que está no caminho certo para a conquista do título da Série B, para poder retornar à Série A. O próximo compormisso do Vasco será contra o Vitória em Salvador pela Copa do Brasil. O próximo jogo do Vasco pela Série B será contra o Atlético Goianinense em São Januário, no próximo sábado. Partida que será marcada pela estréia de Aloísio Chulapa pelo Vasco.

3 comentários:

Carlos Sena disse...

Fala Leonardo, boa vitória do Vasco fazendo valer a sua tradição e importancia.

Abraços

Jessica Corais disse...

Rumo a primeira e ainda com o título.

Vamos lá Vascão!!!

Abraços, Jessica Corais

futeboldorio disse...

Magno muito mal, atacantes reservas abusando de perder gol... pelo menos o Galo vem entrando bem.