VINGANÇA EM DOBRO

on

Seria apenas uma partida normal entre Vasco X Vitória pela Copa do Brasil se não tivesse acontecido a partida fatídica para o vascaíno no dia 7 de dezembro de 2008, data do rebaixamento do Vasco para a Série B do Brasileiro após perder por 2X0 para o time baiano no mesmo estádio de São Januário que recebeu os dois times ontem.

Ambos os times são completamente diferentes dos times que se enfrentaram naquela ocasião até os treinadores são diferentes e o torneio também é outro. Mas os vascaínos estavam afim de vingança e queriam sair de São Januário com a vitória.

Paulo César Carpegiani, técnico do Vitória, tentou usar uma tática diferente para confundir Dorival Júnior, técnico do Vasco: ele escalou o lateral direito Apodi no ataque e escalou o lateral esquerdo na direita. O "acarajé mecânico" de Carpegiani começou a desandar ainda na primeira etapa.

O Vasco desde o início partia para o ataque, no primeiro lance do jogo, o lateral esquerdo, Ramon livrou-se da marcação, avançou pela ponte esquerda e foi derrubado por seu xará, o veterano Ramon (ex-Vasco), que cedeu arremesso lateral para o time vascaíno. Aos 27 do primeiro tempo, a zaga do Vitória tentou afastar a bola, mas o erro foi bizarro, eles deixaram a bola nos pés de Carlos Alberto, que se livrou de um marcador e abriu o placar para o Vasco:1X0.

Aos 44 do primeiro tempo: escanteio para o Vasco, cobrado por Paulo Sérgio, a bola sobra para Léo Lima, que passa para Élton, que marca o segundo gol dos cruzmaltinos.

De volta do intervalo, o Vitória efetuou algumas substituições, que surtiram pouco efeito, o goleiro do Vasco Fernando foi pouco incomodado durante o jogo e o time de São Januário jogava fácil. A saída dos baianos era parar as jogadas com faltas.Rodrigo Pimpão sofreu falta na entrada da área. Paulo Sérgio cobrou e marcou o terceiro. Aos 18 do segundo tempo, Luciano Almeida, que havia acabado de entrar, põe a mão na bola e foi expulso. Falta na entrada da área. Cobrança ensaiada e Nílton marcou um golaço, o quarto do Vasco. Vasco 4X0.

O Vasco ainda teve chance de matar a partida marcando o quinto gol, mas preferiu tocar a bola para deixar o tempo passar e a torcida a gritar "olé".O rubro negro baiano tentou pelo menos marcar seu gol de honra, mas a bola parava em Fernando que fez uma ótima atuação.

Com esse resultado, o Vasco praticamente garantiu vaga nas semi-finais, precisando apenas administrar o resultado no jogo de volta em Salvador. Pode-se dizer que os vascaínos se vingaram em dobro, devolveram com juros e correção monetária o resultado do ano passado.

5 comentários:

Linkin Leo disse...

É isso ai leo, tem q mostrar hegemonia mesmo, o negócio agora é se cuidar pra não tomar o mesmo resultado lá.

Blu disse...

Bem lembrado, Leo. No ano passado foi o Vitória quem enterrou o Vasco, em pleno São Januário.

Esse time de Dorival Junior vem mostrando evolução. Não é um primor de futebol ainda, mas joga simples e eficiente. Ontem, nas chances que teve, fez! Isso é eficiência, ao contrário do desperdício de gols do arquirrival, o Flamengo.

Danilo Damasceno disse...

O Vasco aos poucos busca recuperar sua honra.Abração

Uelton Gomes disse...

Vasco tem um técnico muito bom, está montando um padrã de jogo para o vasco, esse time ainda vai longe.

Abraços

Maldita Futebol Clube disse...

Nada além do normal, pois o vasco é clube garnde muito superior ao vitória. mas, humildade e cautela nesse nosso soerguimento se faz necessário. estou confiante em título na copa do brasil!